domingo, 25 de março de 2018

Lava Jato: um ataque frontal na democracia e na soberania!


O tempo e a história contarão a verdadeira face dessa operação 
que tem raízes em interesses estranhos 
aos interesses do povo e do país.

A Democracia

Em atuação conjunta com a mídia hegemônica, com grupos protofascistas financiados para desestabilizar países e com os interesses internacionais, a Lava jato atuou contra o processo democrático. No golpe contra o mandato legítimo de Dilma Roussef e no processo de cerco e tentativa de destruição de Lula através de um processo sem provas.
obs: o núcleo da Lava Jato não tem objeções ao 'Ponte para O Futuro', o projeto entreguista nascido de um pacto golpista que elevou ao poder a turma de Temer e do PSDB financista.



A Petrobrás e o Pré Sal

Sob a Presidência do tucano Pedro Parente e se aproveitando da investigação seletiva da Lava Jato, o pacto golpista opera o desmonte da maior estatal brasileira enquanto entrega de graça as maiores jazidas de petróleo encontradas no século, o Pré Sal, para as multinacionais, destruindo um projeto desenvolvimentista construído nos governos Lula e Dilma.


O Projeto Nuclear Brasileiro

O ataque ao projeto nuclear e a prisão do almirante Othon foi um ataque direto ao coração da soberania nacional. O uso de prisões temporárias eternas, o mecanismo de cumprimento da pena a partir da segunda instância e os processos de delações premiadas seletivas formam todo um conjunto de atuação contra o interesse nacional.


O Programa Nacional de Submarinos

Agora o MPF, que atua cada vez mais na lógica da Lava jato, aponta suas garras para o projeto de submarinos nucleares. Toda a construção desse projeto, e a existência do pré Sal no modelo de partilha, é a grande pedra no sapato dos interesses geopolíticos de potências como os EUA.


Relação entre a Lava Jato e a CIA

Há suspeitas de que um acordo de cooperação ilegal acontece entre a investigação que ocorre no Brasil e agências de inteligência e espionagem estadunidenses. O que seria um escândalo sem precedentes!




Nenhum comentário:

Postar um comentário