quarta-feira, 18 de março de 2015

Coxinhildo: um sujeito descolado!

Coxinhildo é um sujeito descolado. Frequenta a área vip, com champagne pra todo lado. 

Adora ar condicionado e sua fragrância predileta é a de um bom endinheirado. 

Coxinhildo pagou faculdade, é um cara bem sucedido. Seu SUV é bacana, a turbina faz zumbido. 

Coxinhildo se diz cansado, só fala em corrupção. Mas no fundo não admite, que quem só pegava busão, agora sente ao seu lado, na poltrona do avião.

Coxinhildo é contra as cotas, defende a meritocracia. Dos cotistas faz chacotas: "maldita periferia".

Coxinhildo se esguela, grita muito, se arrepia, pra chamar de "bolsa esmola" o que é Bolsa Família.

Nessa última eleição, Coxinhildo pregou "mudança". Votou num play boy de boa, mimado desde criança.

Um sujeito bon vivant, esse candidato safo, saiu de uma blitz sorrindo e nem disfarçou o bafo.

Coxinhildo tem ódio, do governo de plantão. Chama todos de ladrão, mas nem deu bola, quando soube, que seu candidato pimpão, construiu um aeroporto, com dinheiro do povão, lá na sua propriedade, sabe deus com que intenção.

Coxinhildo é bem informado, outra história ele ouviu, o tal de um helicóptero, que "ninguém sabe, ninguém viu".

Coxinhildo fica quieto, pois na Globo não saiu:  o que ele quer é que o governo "vá pra puta que pariu".

Coxinhildo foi pra rua, não aceita a eleição, quer derrubar o governo e disso não abre mão. Do seu lado ele via uns reaças de plantão, e na faixa ele lia: "militares, intervenção!".

Coxinhildo é descolado, sabe que isso é errado, mas não tem problema, não. Pois que seja intervenção, o que ele quer é sentir ódio e rebolar até o chão.

Coxinhildo está feliz, pois deu na televisão, que a micareta que ele foi, teve mais de um milhão.

Coxinhildo só sabe falar de corrupção: mensalão, petrolão. HSBC, não!!

Coxinhildo está bravo, não concorda com as urnas. Moralista seletivo: "dane-se a lista de furnas".

Coxinhildo e sua turma quer impor a opinião. Xinga muito, todo tempo. Argumento não tem, não.

"Sou elite, eu que mando, me obedeça e não reclame. Se o meu grito não der certo, vou-me embora pra Miami!"

Ricardo Jimenez






Nenhum comentário:

Coronavírus: boas notícias com mais médicos e vacinas Por Alexandre Padilha

Hoje vamos falar de duas boas notícias da semana: a volta dos médicos cubanos e perspectivas de vacinas contra covid-19. Em meio às notícias...