sábado, 21 de julho de 2018

MST mantém ocupação de fazenda em Ribeirão Preto em nome da reforma agrária!


O MST ocupa uma fazenda ligada à Sociedade Santa Lydia em Ribeirão Preto.

Cerca de 200 famílias exigem a adjudicação das terras para a reforma agrária. A Sociedade Agrícola Santa Lydia possui dezenas de processos por dívidas que ultrapassam os R$100 milhões junto à Fazenda Pública Estadual e Nacional.

MST ocupa fazenda ligada a Sociedade Agrícola Santa Lydia, em Ribeirão Preto-SP.




MST em ocupação na Santa Lydia


Na madrugada de hoje, cerca de 200 famílias do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra ocuparam a fazenda Santa Lydia, às margens da rodovia Mário Donegá. 

sexta-feira, 20 de julho de 2018

Com a presença de Ivan Valente, plenária do PSOL apresenta pré-candidatos a deputado estadual, federal e senado!


Ivan Valente em plenária do PSOL, em Ribeirão Preto.
Fotos: Filipe Peres 
Com a presença do deputado federal Ivan Valente, na noite de ontem, 19, na sede da corrente do PSOL “Resistência”, em Ribeirão Preto, aconteceu a Plenária de apresentação do Partido Socialismo e Liberdade de seus pré-candidatos a deputado estadual, deputado federal e senado. Foi lá que João Zafalão, Silvia Ferraro, Daniel Cara e o próprio Ivan Valente falaram do contexto político atual e apresentaram as suas respectivas ideias de campanha.

quinta-feira, 19 de julho de 2018

O Brasil precisa entender: a solução para os problemas está em uma masmorra de Curitiba!


A carta de Lula hoje publicada na Folha de São Paulo é endereçada a você, brasileiro, que cada vez mais percebe que deram um golpe para transformar o Brasil em uma colônia de trabalhadores semi-escravos. Leia, releia, entenda, repasse a mensagem: a solução está presa sem provas em uma masmorra do golpe e querem calar a sua voz porque sabem que quando ele fala, o povo escuta.

Afasta de mim este Cale-se

quarta-feira, 18 de julho de 2018

O golpe e as eleições de 2018: o desafio do campo anti-golpista!


A luta contra o golpe de 2016, que cassou 54 milhões de votos, impôs um projeto neoliberal sem a legitimidade das urnas e feriu os direitos individuais e políticos de Dilma e Lula, e as tratativas políticas sobre as eleições de 2018, que ocorrerão dentro de 83 dias, transcorrem tendo a masmorra de Curitiba, e o prisioneiro político que lá está há mais de 100 dias, como o centro nervoso e de comando.

Essa realidade acontece porque, ao contrário do que o golpe imaginava, Lula se agigantou mais após as perseguições e hoje tem ao seu lado 35% do eleitorado nacional, mais de 50% no nordeste (tendo Bahia 55% e Pernambuco 65% como ápice).

Coletivo Nenhuma Luana a Menos explica o ato em frente ao Tribunal de Justiça, em Riberião Preto



Coletivo Nenhuma Luana a Menos liderou ato em frente ao Tribunal de Justiça, de Ribeirão Preto.
Fotos e vídeo: Filipe Peres


Nesta quarta-feira, 18, aconteceu a 1ª audiência de instrução do caso Luana, morta por espancamento realizado por policiais após ter sido abordada de forma totalmente equivocada. Após a justiça militar ter inocentado os policiais, o caso seguiu para a justiça comum.

A precarização do trabalho docente e o drama da educação em SP após 24 anos de PSDB!


Conheça a situação da profissão docente e da educação pública paulista após 24 anos de PSDB, o partido que fechou salas de aula e abriu presídios.

1200 salas de aula fechadas nos últimos 2 anos. O Estado que paga o 18o salário do país.

Assista à entrevista da Professora Maria Rios à TV 247.


Movimentos sociais exigem justiça no caso Luana Barbosa (RP 18/07/2018)


Nesta manhã de quarta-feira, 18/07/2018, vários coletivos e movimentos sociais protestaram em frente ao Fórum de Ribeirão Preto na primeira audiência de instrução do caso Luana Barbosa.


Os manifestantes exigem que os policiais acusados de agredirem Luana sejam submetidos a Júri Popular.