quarta-feira, 29 de novembro de 2017

Com 20 votos contra a manutenção do veto de Nogueira, Câmara introduz na Rede Municipal de Ensino lei que pune o professor que discutir “pornografia” na escola.

Glaucia Berenice durante a sessão de ontem.
Fotos: Filipe Peres

Ignorando a possibilidade de a Câmara estar legislando pela 38ª vez uma matéria inconstitucional, ignorando a possibilidade de estar ferindo o preceito de laicidade do Estado, ignorando o fato de não existir o termo “ideologia de gênero” nos mais de 50 anos de pesquisas de renomadas universidades do mundo todo em áreas de psicologia, antropologia e sociologia no que tange a identidade de gênero, a Câmara Municipal de Ribeirão Preto com 20 votos contra 4 - Adauto Marmita (PR), Jorge Parada (PT), Luciano Mega (PDT) e Marcos Papa (REDE) – e uma abstenção – Boni (REDE) – derrubou o veto do Prefeito Antonio Duarte Nogueira (PSDB) à lei 52/17, da vereadora Glaucia Berenice (PSDB) que trata de “infância sem pornografia” nas escolas.

terça-feira, 28 de novembro de 2017

Rádio.Camponesa FM 96,7 completa 19 anos


Foto: Comunicação MST/SP

Por Comunicação MST/SP

Não são 19 dias, nem 19 meses. São 19 anos fazendo uma comunicação voltada, principalmente, às famílias assentadas e acampadas da nossa região.

domingo, 26 de novembro de 2017

Associação de Moradores do Complexo Ribeirão Verde exige 3 vagas no Conselho Municipal

Foto: Associação de Moradores do Ribeirão Verde

Por Associação de Moradores do Complexo Ribeirão Verde.


Na tarde de sexta-feira dia, 24, foi realizada a reunião do conselho local de saúde da UBS Ribeirão Verde. A Pauta foi sobre a eleição do conselho municipal de saúde que será realizada nos dias 7 e 8 de dezembro.


Assentamento Mário Lago lança projeto da primeira escola totalmente sustentável do Brasil!

Fotos: Filipe Peres


Com o apoio da Prefeitura de Ribeirão Preto e de grupos de arquitetos, educadores e demais apoiadores, o MST de Ribeirão Preto lançou neste sábado, 25/11/17, o pneu fundamental da primeira escola totalmente sustentável do Brasil.


O sonho de ter uma escola rural no assentamento Mário Lago, na antiga fazenda da Barra em Ribeirão Preto, existe desde que o MST ocupou a região há 10 anos, mas o projeto de uma escola totalmente sustentável surgiu a partir do contato com a obra do arquiteto Michael Reynolds.

sábado, 25 de novembro de 2017

Se houver eleição, 2018 será como 1989 com o mesmo resultado: Lula vs candidato do 'mercado'?



Já é dado de barato que o perfil das eleições presidenciais de 2018 será parecido com o de 1989, com várias candidaturas postuladas no primeiro turno.

Vem aí Álvaro Dias pelo Podemos (?) derramando um discurso "pela ética e 'anti-corrupção'", buscando surfar na onda Lava Jato (já que o próprio Moro parece não querer empunhar a candidatura de defesa do 'seu legado'), assim como Marina da Rede, mas com o acréscimo demagogo e enjoativo da "nova política".

sexta-feira, 24 de novembro de 2017

Votação do Prêmio Incentivo é barrada na Câmara para discussão


Servidora levou o "Nogueiróquio" à Câmara Municipal de Vereadores
Fotos: Filipe Peres
Foi adiada mais uma vez a votação do Prêmio Incentivo. Entretanto, desta vez, não pelo fato de o poder executivo não ter enviado a proposta mas, pelo contrário, por ter encaminhado à Câmara um projeto que, em suas primeiras análises, apresentou inconstitucionalidades e perdas ao servidor público municipal.

Veja o vídeo:

quarta-feira, 22 de novembro de 2017

Aécio vai ajudar Temer a tirar a aposentadoria do trabalhador! Pode isso, Arnaldo?


Após ser, junto com Temer e sua turma, o patrocinador do golpe do impeachment sem provas e da construção do governo sem voto, que levou o Brasil a uma das maiores crises de sua história e o trabalhador brasileiro a perder seus mais importantes e sagrados direitos, Aécio agora, livre, leve e solto, vai ajudar Temer a retirar o direito que falta: a aposentadoria!

Acusado de corrupção e praticamente desprezado pela opinião pública, Aécio é o principal aliado de Temer e, após desbancar Tasso Jereissati do comando do PSDB, vai levar seu partido a dar os votos necessários para o governo sem voto dar o golpe final no povo brasileiro.

A pergunta que o blog O Calçadão deixa ao trabalhador é: pode isso, Arnaldo?

Blog O Calçadão

terça-feira, 21 de novembro de 2017

Adiada votação do "Prêmio Incentivo"

Com a votação adiada, a Câmara Municipal permaneceu vazia.
Fotos: Filipe Peres
Esperava-se para a noite desta terça-feira, 21, o envio, pelo Governo, do projeto que trata do Prêmio Incentivo à Câmara Municipal.  Entretanto, isto não aconteceu.

Veja o vídeo:

segunda-feira, 20 de novembro de 2017

Que governo é esse que atenta contra o interesse nacional em benefício de estrangeiros?

Em nenhum lugar do mundo a traição ao interesse nacional é tolerada ou perdoada

Somente um governo sem voto erigido por um golpe, sustentado por um Congresso de costas para o povo e que governa em nome do grande capital


Além de indignar os 200 milhões de brasileiros, a descoberta do pacote de favores prestados pelo governo Temer à Shell e outras empresas britânicas para facilitar ainda mais o domínio externo sobre as reservas do pré-sal ajuda a iluminar aspectos necessários a defesa dos interesses do país.

Violência Contra a Mulher Negra

A roda de conversa "Violência Contra a Mulher Negra" aconteceu no Palace.
Fotos: Filipe Peres

Concomitantemente ao Ato Contra a PEC 181, dialogando com ele, e como parte das várias atividades referentes neste mês de novembro ao "Mês da Consciência Negra",  aconteceu, organizado pela Secretaria Municipal de Assistência Social por meio do Núcleo de Atendimento Especializado à Mulher, Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, Casa da Mulher e UNEGRO, no Palace, um ato de extrema importância: a roda de conversa "Violência Contra a Mulher Negra".

Veja o vídeo:

domingo, 19 de novembro de 2017

Movimento Feminista de Ribeirão Preto realiza ato Contra a PEC 181

Movimeto Feminista de Ribeirão Preto realizou Ato Contra a PEC 181
Fotos: Filipe Peres

O Movimento Feminista de Ribeirão Preto realizou neste sábado, 18, na Esplanada do Teatro Pedro II, em Ribeirão Preto, um ato Contra a PEC 181, também conhecida como "PEC Cavalo de Troia". Cerca de 400 pessoas compareceram ao ato que durou toda a manhã.

sexta-feira, 17 de novembro de 2017

CONVITE PARA TODOS E TODAS - NÃO À PEC 181

Arte: Elaine Almeida

Organizado pelo Movimento Feminista de Ribeirão Preto, acontecerá, amanhã, às 9h00, na Esplanada do Teatro Pedro II, em Ribeirão Preto, um ato contra a PEC 181, apelidada de "PEC Cavalo de Troia". Esta PEC tem este apelido porque, inicialmente, seria para estender a licença maternidade em caso de nascimento prematuro. Entretanto, teve a redação alterada pelo seu relator, o deputado Jorge Tadeu Mudalen (DEM-SP). Nesta alteração, ele criminaliza qualquer tipo de aborto, incluindo aqueles que aconteçam em caso de estupro, casos de anencefalia e/ou que ofereçam risco de vida à mãe do feto, o que representa um retrocesso gigantesco, visto que estes casos, hoje, são aceitos pela constituição.

Identidade de gênero é coisa séria. 'Ideologia' de gênero é invenção de oportunistas!

Cuidado: não combata espantalhos!

Assim como quase tudo na vida, a disputa política e social é uma disputa por narrativas. Nessa disputa, conceitos, definições e termos não são coisas neutras. Ao contrário, são carregados de significado e valor.

Geralmente ao se querer combater algo, se cria um significado pejorativo para ele, muitas vezes o oposto do que de fato ele significa.

IBGE revela: o golpe foi desferido sobre negros e negras brasileiros - 64% dos 13 milhões de desempregados!


Levantamento feito pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) aponta que 8,3 milhões dos 13 milhões desempregados no Brasil ao longo do terceiro trimestre, conforme denominação da instituição, eram pretos ou pardos.

Além do desemprego ser maior nesta parcela da população, os pretos e pardos também recebem menos que os trabalhadores brancos. No período, o rendimento médio foi de R$ 1.521, correspondendo a 56% do rendimento médio dos brancos (R$2.757).

Cerca de 66% dos trabalhadores domésticos ou na construção civil são negros ou pardos.

A vítima maior do golpe dado na democracia em 2016 e que vem reimplantando o neoliberalismo com retrocesso em direitos trabalhistas e sociais tem cor.

Esta é a luta presente no mês da consciência negra.

Ricardo Jimenez


V Encontro Estadual dos Sem Terrinha de São Paulo


Sem Terrinhas durante ato político na Secretaria Estadual de Educação, em SP.
Fotos: Filipe Peres


Por Comunicação MST/SP

Com o tema “Sem Terrinha em Movimento: na luta por direitos!”, aconteceu de 4 a 6 de novembro o 5º Encontro Estadual das Crianças Sem Terrinha do Estado de São Paulo, em São Paulo (SP). Durante os três dias, cerca de 250 crianças discutiram tema como o direito à educação, à alimentação saudável, à brincadeira e tudo que envolve o universo infantil. O encontro terminou com um ato político na Secretaria Estadual de Educação. A atividade teve como principal objetivo discutir e reivindicar uma política pública estadual que garanta a implementação da Educação do Campo nas escolas localizadas em assentamentos de Reforma Agrária.

terça-feira, 14 de novembro de 2017

O povo pensou que o poder era seu - Por José Eugenio Kaça

Prof. José Eugenio Kaça
Um país que a maioria do seu povo está sempre esperando um salvador da pátria, nunca terá autonomia para reger seu destino. O Brasil já teve Presidente que era considerado o pai dos pobres, mas também foi à mãe dos ricos. E neste contexto que a elite branca e secular defende os seus dogmas escravagistas, e manifestam uma aversão doentia a qualquer movimento que leve alguma dignidade para grande parte da população pobre que carrega este País nas costas.

Nos séculos passados o brasileiro pobre era visto como um povo indolente, que tinha aversão ao trabalho duro, que só queria viver da malandragem e pequenos golpes, mas o tempo que é o remédio para todos os males tratou de demostrar que eram os malandros, golpistas e indolentes deste País. Os séculos avançaram, mas os pensamentos retrógrados sobre os mais pobre se mantiveram no passado. 

Os golpes militares no Brasil foram inaugurados com a Proclamação da República, e se estenderam pelo século 20, sempre com o apoio das elites brancas. Os regimes de exceção nunca pensam no bem estar dos mais pobres – enganam por um período abrindo a caixa de bondades, mas tomando todo o cuidado para que nada saia de dentro, e se materialize para beneficiar a população mais pobre – são só sofismas.

Os países que até a metade do século 20 estavam mais atrasados que o Brasil - resolveram investir maciçamente na educação básica, e nas universidades com o foco maior nas pesquisas, e em cinquenta anos deixaram o Brasil no chinelo. Mas ter um País mais igualitário proporcionando uma educação pública de qualidade para todos, não faz parte da ideologia discriminatória e racista desta gente de bem. 

E fizeram, e fazem de tudo para que a educação básica pública nunca chegue a ter uma qualidade que proporcione uma igualdade de condições no acesso as universidades. Criaram as escolas privadas, que usufruem de verba pública para dar um ensino de qualidade para os mais abastados, e minguam os investimentos das escolas públicas, com a clara intenção de segregar os mais pobres. 

A Constituição considerada cidadã de 1988, trouxe para os excluídos a esperança que finalmente começaríamos a construir um País mais igualitário, e que o capitulo educação constante da carta magna, se materializasse nas escolas públicas, com a construção do processo democrático, com a participação de todos no processo de aprendizagem e cidadania das nossas crianças, mas passados vinte e nove anos, a maioria de nossas escolas continuam produzindo as mesmas mazelas do passado.
É incrível ver diferença estrutural que existe entre as escolas privadas e públicas. Nas privadas a tecnologia está à disposição dos alunos desde a educação infantil, e se aprofunda no ensino fundamental e médio. Enquanto isso a maioria das escolas públicas ainda conservam o mesmo quadro negro do passado, que agora chamam de lousa, e que tem a cor verde, tecnologia na sala de aula nem pensar. 

Por não cumprirmos as leis que tratam da educação, estamos sempre voltando ao ponto de partida, o não cumprimento do artigo 205 da Constituição gera problemas e barreiras intransponíveis, que não deixam a democracia chegar ao chão da escola. A lei sancionada no ultimo dia 06 de novembro pelo Governador de São Paulo, que permite o uso pedagógico de celulares em sala de aula está causando uma polemica que não existiria se as leis fossem cumpridas. E é por estas e outras que vivemos nas rabeiras das avaliações internacionais. 

Como podemos construir um País mais igualitário através da educação, com tamanha discrepância entre as escolas públicas e privadas. A maioria dos professores já jogou a toalha, não sabem como lidar com educandos cada vez mais rebeldes e sem limites, principalmente nos anos finais do ensino fundamental e no ensino médio. Não conseguem lidar com o problema dos celulares em sala de aula, coisa que é natural na rede privada. A ideologia que não podemos ter uma escola pública de qualidade se pulverizou. E o povo pensando que o poder é seu!

José Eugenio Kaça
Artigo publicado no jornal Tribuna Ribeirão no dia 14/11/2017

domingo, 12 de novembro de 2017

Há 20 anos, Câmara de Ribeirão Preto aprovava a educação sexual nas escolas do município!


Hoje, evangélicos fundamentalistas e 'reacionários' buscam consolidar o retrocesso!

Há 20 anos a então deputada Marta Suplicy escrevia um artigo defendendo a importância da educação sexual nas escolas e destacava o debate em torno do projeto de lei do vereador José Alfredo Carvalho (PT) que introduzia, de maneira não obrigatória, a educação sexual nas escolas de Ribeirão Preto.

Naquele momento, nos idos dos 90, o debate transcorreu em alto nível e o projeto foi aprovado por unanimidade!

Hoje vivemos tempos rasos e obscuros!

Blog O Calçadão

sábado, 11 de novembro de 2017

A mis amigos latinoamericanos


Foto de Arquivo "O Calçadão": Curso Latino.


Perdónanos....
Antes todo era más fácil
todo se movia: mi percepción
la física y las humanidades
como um nuevo conocimiento de niño.

Para entender melhor a farsa do Leite Lopes: entrevista com Marcos Sérgio!

Foto: Filipe Peres
,

Assista à entrevista com o líder comunitário e lutador contra a farsa da internacionalização do Leite Lopes Marcos Sérgio.

"Essa atitude da Secretaria demonstra perseguição", diz Presidente da Associação de Moradores do Complexo Ribeirão Verde

Para França, exoneração de ex-gerente da UBDS demonstra perseguição.

O Presidente da Associação de Moradores do Complexo Ribeirão Verde, Luis Antonio França, falou na última quinta-feira, 9, na Câmara Municipal, em Ribeirão Preto. Ele pediu a volta da ex-gerente da UBS Ribeirão Verde, a dentista Carmen Silvia Ortigosa Francisco, ao seu cargo.

sexta-feira, 10 de novembro de 2017

"Área de risco é passível de desconto tributário", diz Marcos Valério

Marcos Valério em discuro na Câmara Municipal.

O líder comunitário e Secretário da Associação de Moradores do Jardim Aeroporto, Marcos Valério, discursou  nesta quinta-feira, 9, na Câmara Municipal, em Ribeirão Preto. Ele pediu a revisão do preço do IPTU aos moradores da região do Jardim Aeroporto, visto que estes moram em área de ruído.

O PSDB pode ser derrotado em São Paulo em 2018?


A crise interna no PSDB é grave.

A postura de Aécio se impõe como principal apoiador de Temer (por uma questão de sobrevivência de ambos) e causa um racha interno sem precedentes na legenda.

Professores protestam no Palácio dos Bandeirantes contra o arrocho de Alckmin (PL 920)!


Os professores estaduais de São Paulo fazem paralisação e ato de protesto nesta sexta (10/11) contra a política de arrocho e corte de direitos promovida pelo governo tucano de Geraldo Alckmin.

Segundo o Diretor Estadual da Apeoesp, Professor Fábio Sardinha, "a paralisação é pela retirada do PL 920 que congela os investimentos públicos por dois anos. Também lutamos pela reposição salarial de 24% que representa apenas a reposição das perdas inflacionárias nesse período longo sem reajuste por parte do governo".

Lula e 2018: democracia ou barbárie!


Nas vésperas da eleição de 2010 os alarmistas midiáticos espalhavam que Lula poderia usar seu prestígio e popularidade (mais de 80% de aprovação) para forçar o 'golpe' do terceiro mandato. Lula trouxe Dilma para o centro da disputa e venceu as eleições.

Sindicato dá até segunda-feira para que governo apresente solução ao Prêmio Incentivo

A Câmara Municipal ficou lotada, ontem, de servidores municipais.


A comissão formada para apresentar uma proposta definitiva de substituição ao Prêmio Incentivo esteve na prefeitura ontem, 9, na prefeitura e na Câmara Municipal para cobrar do governo uma proposta que, de fato, resolva a questão. 

terça-feira, 7 de novembro de 2017

1360 moradias para famílias com renda até R$ 1800: Movimento Livre e GAHRP na luta por moradia!

Ribeirão receberá 1.360 moradias do Programa MCMV - FAR


Foi publicado no Diário Oficial da União (06-11-2017) a lista dos municípios e projetos contemplados  na modalidade FAR. 

O Fundo de Arrendamento Residencial (FAR) recebe recursos transferidos do Orçamento Geral da União (OGU) para viabilizar a construção de unidades habitacionais. 

segunda-feira, 6 de novembro de 2017

Bilionários brasileiros e seus funcionários de luxo sonegam bilhões do Estado em paraísos fiscais!


Quando vemos um governo sem voto como o de Temer implementar uma agenda ultra neo-liberal, vendendo o Brasil a preços vis e destruindo toda uma estrutura de seguridade social e direitos individuais e coletivos sob o argumento de que é preciso "enxugar gastos e fazer caixa" muitas vezes não nos damos conta de que estamos sendo feitos de palhaços.

sábado, 4 de novembro de 2017

Democratizar a cidade: Qual a melhor política pública para a questão dos moradores de rua?


Neste domingo uma ação conjunta de movimentos da sociedade civil, com participação da Secretaria Municipal de Assistência social, vai procurar auxiliar os moradores de rua que residem no entorno da Praça Schmidt, no centro de Ribeirão Preto.

Movimento conservador avança e conquista vitória no STF: haters liberados na redação do ENEM!


Os haters estão liberados na redação do ENEM neste domingo.

Mais do que um sinal de que o retrocesso atual tem raiz dentro do STF, a decisão da ministra-presidente Carmen Lúcia representa uma vitória do movimento escola sem partido.

Esse é um movimento fruto dos tempos atuais, de retrocessos em direitos em todos os sentidos e da perseguição de cunho neo-macartista ressurgida no Brasil a partir de 2013.

sexta-feira, 3 de novembro de 2017

Sagrado Feminino

A professora Talita leciona a disciplina eletiva "Sagrado Feminino".
Fotos: Filipe Peres
A tarde começou com uma mística, um poema de Elisa Lucinda. Foi uma tarde de bruxas, de discutir a perseguição às bruxas na matéria eletiva "O Sagrado Feminino", ministrada pelas professoras de Sociologia Talita Mara Catini e Tarsila Macedo de Oliveira na Escola Estadual Joaquim Pinto Machado Júnior, em Araraquara, interior de São Paulo. Entretanto, neste dia, a também professora de Sociologia, Adriana Novais, foi convidada a falar com os estudantes.

Dória segue viajando fora da agenda, mas agora Villa não se importa!

Por quê Villa não se importa mais com a agenda do Prefeito?

No ano de 2016, levada no vendaval de hipocrisia e histeria anti-petista que quase dominou o Brasil, a cidade de São Paulo resolveu trocar um Prefeito que buscava introduzir políticas públicas humanizadoras na cidade por um Prefeito que se dizia 'gestor' e 'não-político', além de encarnar diariamente o anti-petismo com energia.

quinta-feira, 2 de novembro de 2017

Dia de Finados


Nem toda morte é de causa natural.

                                    1


Todos nós temos a quem levar flores neste dia:
Leda, Moreno
pessoas de morte morrida
que permanecem conosco neste dia.


quarta-feira, 1 de novembro de 2017

Fernando Haddad: A "ascensão dos de baixo incomoda algumas pessoas"

Fernando Haddad (PT) deu palestra na USP, na última terça-feira, 31.
Fotos: Filipe Peres
Com um auditório lotado, Fernando Haddad (PT/SP) esteve ontem, 31, na Universidade de São Paulo, na Faculdade de Direito de Ribeirão Preto, para dar uma palestra sobre Crise e Conjuntura Política Nacional.

A conversa de Haddad que, apenas, O Calçadão teve acesso

No PT, Haddad comentou temas que não apareceram na pauta da palestra na USP.
Fotos: Filipe Peres

Antes de ir à palestra na USP, o ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), esteve na sede municipal do Partido dos Trabalhadores. Sentindo-se em casa, o prefeito tranquilão abordou temas que não foram mencionados na USP/Ribeirão.


Equipe técnica, ligada ao Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, está desenvolvendo estudo para a elaboração de políticas públicas que atendam as mulheres em Ribeirão Preto.

Equipe técnica está realizando estudo profundo e técnico para propor Políticas Públicas paras as Mulheres, em Ribeirão Preto. Fotos: Sil...