sábado, 30 de junho de 2018

CLT, pré-sal, previdência e SUS: os 4 objetivos de ouro do golpe!


O processo de redemocratização pós-ditadura civil-militar tem na Constituição de 1988 seu ponto alto.

A Carta de 1988, além de uma ampla proteção às garantias individuais e aos direitos humanos, traz em seu bojo o esboço de um Estado de Bem-Estar Social brasileiro.

Dentro desse esboço, dois pilares são fundamentais: a seguridade social (incluindo a previdência) e o SUS.

Existiam outros dois pilares anteriores à 1988 e que acabaram abraçados pela Constituição cidadã: a CLT e o monopólio do petróleo.

Exceto o monopólio do petróleo, quebrado em 1997, os outros pilares conseguiram, com alguns ferimentos, atravessar o período neoliberal de FHC.

No período Lula e Dilma (2003-2016) esses pilares voltaram a ser fortalecidos por um governo que conseguiu fazer a economia crescer e distribuir renda.

sexta-feira, 29 de junho de 2018

O povo mexicano vai eleger Lopez Obrador para desespero das petroleiras!

A luta contra o neoliberalismo
é o desafio histórico da América Latina
A contragosto das petroleiras, do neoliberalismo e sua posição anti-democrática, anti-popular e anti-nacional, o povo mexicano se prepara para eleger Lopez Obrador Presidente do México.

O desafio da democracia mexicana, assim como o de todas as democracias latino-americanas, é fazer a vontade popular prevalecer frente ao poder do grande capital neoliberal.

As mesmas petroleiras que apoiaram o golpe no Brasil estão desgostosas com a posição de Obrador de intervir na política de petróleo do México.


O candidato de esquerda Andrés Manuel Lopez Obrador, com 50% nas pesquisas, deve ser eleito presidente do México neste domingo (1). Será uma vitória histórica, pois pela primeira vez em 90 anos que o cargo máximo do país não será ocupado pelo PRI ou pelo PAN com governos de direita subordinados aos Estados Unidos nos últimos 50 anos. Conhecido como "Lula mexicano", Obrador já anunciou que acabará com a farra das petroleiras americanas no país, especialmente Exxon e Chevron. O New York Times publicou reportagem às vésperas das eleições manifestando a preocupação das petroleiras. O cenário mexicano é parecido com o brasileiro no campo energético. Como aqui, com o governo oriundo do golpe, os mexicanos viram o país saqueado pelas petroleiras internacionais com o apoio das elites locais.

Kelli Mafort, MST, em Seminário: "A luta contra os agrotóxicos é a luta contra o grande capital"


A coordenadora nacional do MST, Kelli Mafort, participou hoje, no Sindicato dos Químicos, em São Paulo, do seminário "Campanha Permanente contra os Agrotóxicos e pela Vida".

Em sua fala, Kelli destaca a importância de se compreender que a luta atual contra os agrotóxicos tem um forte componente político, pois é também a luta contra os interesses imperativos do grande capital.

Acompanhe o vídeo:

Ivan Valente denuncia: USP à caminho da privatização!


Em pronunciamento na tribuna da Câmara dos Deputados, cujo vídeo está no facebook, Ivan Valente (PSOL) denuncia o acelerado processo de privatização da Universidade de São Paulo.

"Seja na gestão do antigo Reitor Marco Antônio Zago ou agora com Vahan Agopyan eles já estão privatizando. Estão fechando o hospital universitário e, agora, a Associação de Docentes da USP, por via judicial, teve acesso a um relatório que traz os passos futuros da universidade: cobrar mensalidades, investir seletivamente", denuncia.

Vereador Zucoloto (PP) e a Tribuna da Ofensa - Por Fábio Sardinha

Ontem, dia 29 de Junho, estive com o representante do Conselho do Fundeb Sebastião Valter De Oliveira Junior, que protocolou requerimento para uso da Tribuna Livre, como já utilizado outras vezes, e iríamos dividir a fala mas, segundo nos informaram, isso não é mais permitido, inclusive o vereador Papa (Rede), que protocolou o pedido do uso da Tribuna, nos deixou claro que não ia fazer essa solicitação para uso desse espaço para duas falas no mesmo pedido, que poderia ver com outro parlamentar.

Conversamos com os vereadores Jorge Parada (PT) e Luciano Mega (PDT), que tentaram junto ao presidente Igor Oliveira (PMDB) dialogar para usarmos a tribuna no mesmo tempo dividindo a fala, mas infelizmente a orientação era que fizéssemos outro pedido como APEOESP.

STF segue manobrando para manter Lula preso e fora da eleição!

Manobras contra a vontade
da maioria do eleitorado
O ex-Governador de São Paulo, Cláudio Lembo, definiu o papel do STF no caso Lula como algo "imoral".

Apesar de haver uma divisão na Corte, o STF, através de sua ministra-Presidente, manobra mais uma vez para cooperar com a república de Curitiba, que já tem o apoio do TRF4, para manter preso o ex-Presidente que lidera as pesquisas de intenção de voto.

É uma postura vergonhosa, imoral e golpista!

Do Brasil 247

A Reclamação apresentada pela defesa do ex-presidente Lula ao Supremo Tribunal Federal nessa quinta-feira, 28, foi o alvo da nova manobra da presidente da Corte, ministra Carmen Lucia, e do ministro Edson Fachin, contra Lula para mantê-lo sob prisão política e impedido de disputar as eleições presidenciais. 

quinta-feira, 28 de junho de 2018

Márcia Lia protocola criação da Comissão de Defesa dos Direitos das Mulheres na Alesp!


Reportagem Central de Informação Alesp

A deputada estadual Márcia Lia (PT-SP) apresentou nesta semana na Alesp o projeto de resolução 04/2018 que institui a Comissão Permanente de Defesa e dos Direitos das Mulheres.

"Nosso mandato, desde o início, tem apresentado projetos que visam a igualdade de direitos para as mulheres na sociedade, e esta é mais uma proposta para se criar meios de reparar essa desigualdade de oportunidades entre os gêneros", declarou a deputada.

Alexandre Padilha: chega de agrotóxicos! Sete litros por ano!

O ex-Ministro da Saúde e pré-candidato a deputado federal pelo PT-SP, Alexandre Padilha, tem uma coluna na Revista Fórum.

CHEGA DE AGROTÓXICOS, CONSUMIMOS 7 LITROS POR ANO!

Na semana passada, uma pesquisa da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Ceará trouxe um alerta assustador: registros de puberdade precoce em meninas e fetos com má-formação congênita em uma comunidade na Chapada do Apodi, no Ceará, em decorrência do uso de agrotóxicos pulverizados em plantações de algumas frutas para exportação.

Paulo Teixeira: Ibope mostra Alckmin no 'volume morto'!


Segundo o deputado federal Paulo Teixeira (PT-SP), em um vídeo divulgado em seu facebook, a elite brasileira tinha o sonho de construir uma candidatura de centro-direita para as eleições de 2018. Acreditavam que conseguiriam destruir Lula, prendendo-o, levando-o à invisibilidade e fazendo o povo o esquecer.

Ocorre que a pesquisa Ibope de hoje, assim como outras pesquisas anteriores, mostra que o povo não esquece de Lula e, mais uma vez, ele aparece liderando as intenções de voto com 33%.

Alckmin, o candidato do sistema, aparece com míseros 4%, atrás de Bolsonaro (15%), Marina (7%) e Ciro (4%).

"Alckmin chegou no volume morto, naquele ponto onde já não tem mais água", afirma Paulo Teixeira.

Minha Casa Minha Vida, Bolsa Família, Farmácia Popular: a tesoura do golpe e o drama social!


Com mais de 200 milhões de habitantes, com assimetrias regionais gigantescas e com uma das maiores desigualdades sociais do mundo, o Brasil é um país que necessita de políticas públicas que busquem reduzir as desigualdades, distribuir renda e incluir as pessoas mais pobres na economia real.

Pesquisas recentes baseadas em dados do IBGE mostram que os 10% mais ricos ficam com 38% da renda nacional. 

A diferença de renda entre os extremos da pirâmide social é de 42 vezes.

O 1% mais rico ganha 36 vezes mais que o 50% mais pobre.

Na última década e meia, algumas dessas políticas públicas foram implementadas com resultados sociais muito positivos do ponto de vista da distribuição de renda, acesso à saúde e educação, por exemplo.

Qual país aceitaria receber ordens públicas de um representante estrangeiro? O Brasil de Temer!


Nunca se viu algo dessa magnitude na relação entre países que se queiram dignos e respeitados.

Nunca o Brasil sofreu tamanha humilhação pública.

O governo Trump mantém 51 crianças brasileiras presas por sua política imigratória discriminatória.

O Brasil de Temer se cala.

O vice-Presidente de Trump, Mark Pence, vem ao Brasil em meio a esse imbróglio.

E, pasmem!

Em Brasília, a capital federal, na presença da imprensa, publicamente, Pence, inacreditavelmente, em tom grave de cobrança, diante de Temer e seu Chanceler Aloysio Nunes, colocou o Brasil de joelhos.

Uma humilhação inaceitável mas que porém traduz o nível de descrédito que o governo golpista tem hoje diante do mundo.

Temer, como um capacho, ouviu uma ordem: "chegou a hora de vocês fazerem mais", disse o vice dos EUA ao determinar que seus subordinados brasileiros se esforcem para evitar que brasileiros tentem entrar nos EUA.

O que deve ter sentido um diplomata formado na tradição de Rio Branco?

Como tolerar isso?

Há pouco tempo o Brasil construía uma diplomacia altiva, respeitada e influente tanto regionalmente quanto mundialmente. Uma diplomacia voltada para a busca da cooperação internacional, da busca da sustentabilidade social e ambiental, de regras mais justas do comércio internacional.

Uma diplomacia que construiu relações profícuas na América Latina, na África e que integrou os BRICS junto com potências como Rússia e China.

Hoje somos uma diplomacia de capachos.

Que vergonha.

Blog O Calçadão

quarta-feira, 27 de junho de 2018

Golpe na Educação, PME 2015 é a solução


Por Fábio Sardinha

A Vereadora Glaucia Berenice PSDB afirmou em programa de Rádio, Larga Brasa na Thathi, hoje, dia 27/06, que o plano de 2015 não está em discussão porque "foi organizado por pessoas envolvidas na Sevandija".

Como assim Vereadora?

terça-feira, 26 de junho de 2018

Câmara Municipal chamou audiência sem estar com o PME em discussão


Câmara Municipal em audiência sem discussão 

É isso mesmo! A Câmara Municipal de Ribeirão Preto chamou a audiência sobre o novo Plano Municipal de Educação sem estar com o projeto em discussão, apenas para colher sugestões . Quem denuncia é o professor da USP, José Marcelino.

Farsa! Educadores denunciam uso indevido de seus nomes no Plano Municipal de Educação!


Fotos: Filipe Peres

Professores que participaram da elaboração dos Planos Municipais de Educação de 2007 e 2015 denunciam a farsa da construção do novo PME. Eles tiveram os seus nomes incluídos sem terem participado da construção do Plano atual e exigem a retirada imediata de seus nomes do projeto antidemocrático .

domingo, 24 de junho de 2018

Arraiá do Acampamento Paulo Botelho: animação e luta pela terra!

Fotos Filipe Peres

Na noite deste sábado, 23/06, aconteceu o tradicional arraiá do Acampamento Paulo Botelho, do MST.

Muita amizade, alegria, música, comida e a consciência da importância da reforma agrária.

Danilo Valentim, Aproferp, denuncia fraude no Plano Municipal de Educação!

Danilo Valentim e a luta pela educação em RP

A participação de educadores e de representantes da sociedade civil na construção de um Plano Municipal de Educação em Ribeirão Preto teve início em 2007. Em 2008, primeiro ano do ex-governo Dárcy Vera, a proposta de PME, que deveria ser aprovada na Câmara, foi engavetada por questões políticas.

"Em 2014, por força do Plano Nacional de Educação, o governo municipal retoma as audiências públicas para construir um novo PME. As forças progressistas da cidade estiveram presentes nas audiências públicas e o resultado foi uma proposta de PME avançada para a atual conjuntura. Nós buscamos resgatar os eixos definidos naquela proposta de 2007", afirma Danilo Valentim, da Direção da Aproferp e membro do Conselho Municipal de Educação.

Veja a entrevista na íntegra:

sábado, 23 de junho de 2018

Manobra contra Lula e delação de Palocci, o golpe movimenta seus tentáculos!


Quanto tempo é necessário para se vencer um golpe?

Impossível responder a essa pergunta com precisão.

O golpe anterior ao de agora, o de 1964, começou como uma quartelada, apoiada no grande empresariado, contra o governo Trabalhista de Jango e suas reformas de base e a ameaça do retorno de Juscelino. 

Por fim, o AI-5 e manobras eleitorais mantiveram uma ditadura por 21 anos.

O golpe atual não é uma quartelada, apesar de Temer namorar essa possibilidade. Mas é um golpe apoiado em fortes poderes nacionais e internacionais. Principalmente apoiado em uma mídia hegemônica, partidária e representante de interesses do capital rentista.

domingo, 17 de junho de 2018

A direita golpista: do "o pré sal não existe" à entrega do nosso futuro!


Segundo o geólogo Guilherme Estrela, Diretor de Exploração e Produção da Petrobrás na época da descoberta do pré-sal, o governo FHC não teve nenhum interesse em investir para que a Petrobrás prospectasse novas reservas de petróleo na costa marítima brasileira.

Foi no governo FHC que o monopólio do petróleo foi quebrado, em benefício das petroleiras estrangeiras. Também foi com FHC que a produção de petróleo começou e declinar e a plataforma P-36 afundou.

Isso sem contar com a tentativa de mudança de nome da empresa para Petrobrax, uma busca de facilitar sua privatização.

A mudança de postura veio com Lula a partir de 2003. 

sábado, 16 de junho de 2018

Márcio Pochmann: "crime organizado e neopentecostais comandarão o futuro"


O economista falou ao site Tutameia

“As principais instituições que possivelmente estarão comandando o Brasil de amanhã, se não houver reversão do ponto de vista das instituições tradicionais, são o crime organizado e as igrejas neopentecostais. Porque são as duas instituições que têm melhor clareza para que mundo estamos cada vez mais avançando”.
A análise é do economista Marcio Pochmann, presidente da Fundação Perseu Abramo, do PT, em entrevista ao TUTAMÉIA. Para ele, esses dois grupos operam como instituições, preparam quadros para serem advogados, prestarem concurso público para carreiras de Estado, se tornarem candidatos às eleições. “Eles vão contaminando as instituições, vão entrando nas instituições, fazem parte do jogo”, diz.

sexta-feira, 15 de junho de 2018

O vermelho combina com as cores da bandeira, que é nossa!


Se há uma coisa que precisamos aprender com os Trabalhistas, os discípulos de Getúlio, Jango, Darcy Ribeiro e Brizola, é amar a bandeira nacional.

O nacionalismo proletário é uma ferramenta de luta contra o imperialismo, contra o neoliberalismo e de construção de uma consciência nacional e regional autônoma, soberana.

Isto serve ao Brasil e à América Latina!

A maioria garantista vai votar a segunda instância e resgatar Estado de Direito?


Uma sombra ronda o Brasil.

A sombra do autoritarismo ideológico, seletivo, anti-popular e anti-nacional.

Vivemos uma etapa de nossa história onde a democracia está ferida e o Estado de Direito está suspenso para os lutadores populares.

O golpe de 2016, todo lastreado em uma massiva campanha de mídia, foi político e jurídico.

quinta-feira, 14 de junho de 2018

Na Cadência do Samba - Zé Keti



Sempre falando a história de uma canção da MPB, contextualizando-a dentro de seu período histórico, contando as suas particularidades, neste programa Sandro Cunha, o Prof. Sandrão, fala sobre a canção Opinião, de Zé Keti.

Veja o vídeo:

domingo, 10 de junho de 2018

Eurásia, Ocidente e a América Latina: a construção de um novo poder mundial!


O jornalista e correspondente Pepe Escobar, em entrevista para a TV247, forneceu valiosas informações e análises sobre a atual geopolítica e as perspectivas futuras.

Com larga experiência no oriente, Escobar acompanhou recentemente a Conferência Anual de Segurança e Defesa Diálogo Shangri La, ocorrida em Cingapura.

Este blog extraiu os seguintes aprendizados ouvindo Escobar:

A guerra comercial com a China, a problemática relação com a Coreia do Norte, a Rússia e o Irã, e a crise constante da União Europeia estão colocando a liderança dos EUA em xeque e pode estar surgindo uma nova ordem na geopolítica mundial.

sábado, 9 de junho de 2018

Fundação Lemann e a direita brasileira: Estado mínimo para um rentismo máximo!

Eles acreditam que somos patos

A Revista Forum traz uma reportagem sobre o patrocínio que o bilionário brasileiro Jorge Lemann está dando a eventos com a participação do Partido Novo e dos movimentos MBL e Vem Pra Rua.

É uma tendência mundial a aproximação entre grandes grupos rentistas e movimentos de direita.

Fazem juntos uma defesa enfática do neoliberalismo e do Estado mínimo, sem esquecer que também promovem, de quebra, um combate contra agendas progressistas e democratizantes como a causa LGBT, a causa feminista e movimentos que lutam por terra e moradia, por exemplo.

Se auto-declaram liberais na economia e conservadores nos costumes.

quarta-feira, 6 de junho de 2018

Câmara entrega água, esgoto e coleta do lixo à empresa que aumentou a água em 50%, em Campinas

Nesta foto, apenas Lincoln Fernandes votou
contra agência reguladora.
Fotos: Filipe Peres
Ignorando os apelos dos vereadores Alessandro Maraca (MDB), Jorge Parada (PT) e Luciano Mega (PDT), a Câmara Municipal de Ribeirão Preto aprovou na noite de ontem, terça-feira, 5, por 17 votos favoráveis contra 8, o consórcio com a empresa ARES PCJ, da região de Campinas e parceira da ODEBRECHT em consórcio semelhante naquela região.  Este consórcio irá gerenciar e definir o preço nos próximos 5 anos da água, do esgoto e da taxa do lixo que virá.

terça-feira, 5 de junho de 2018

Convênio com Agência Reguladora é prejudicial à população, afirma vereador Luciano Mega

LUCIANO MEGA (PDT) explica à população porque é contra este projeto, especificamente, da Agência Reguladora.

O convênio que o município de Ribeirão Preto  irá fazer com uma Agência Reguladora composta por municípios da região de Campinas para gerenciar o saneamento básico da cidade, do jeito que está sendo posta no projeto, irá aumentar a taxa de água, esgoto, exorbitantemente.

sexta-feira, 1 de junho de 2018

Pediu para sair mas deixou a conta para o povo pagar!

Do Brasil 247

Enquanto a presidente deposta Dilma Rousseff pretendia usar os recursos do pré-sal para investir em educação e saúde, o modelo de Pedro Parente, que é o coração do golpe, entregou o pré-sal, transferiu a conta para a sociedade e, depois da grita dos caminhoneiros, decidiu cortar gastos sociais – incluindo em educação e saúde. 
De acordo com o jornal O Estado de S. Paulo, o governo cortou incentivos para setores da indústria para bancar os R$ 13,5 bilhões destinados aos subsídios ao diesel. Desse total, R$ 4 bilhões virão com o aumento da arrecadação gerado pelo fim de programas de incentivos às empresas.

Desgoverno Temer corta saúde, educação e exportações para manter Parente na Petrobrás!

Acordo sobre o diesel com menos saúde, educação e exportações
Gasolina e gás de cozinha continuam subindo

Pedro Parente e sua política de preços atrelada ao dólar e feita para capitalizar meia dúzia de rentistas acionistas da Petrobrás ficam.

Um dos setores que mais influenciaram no golpe de 2016 foi o setor de petróleo.

A nacionalização do pré-sal e a retomada das refinarias nacionais promovidas por Lula e Dilma desagradaram e muito os interesses das petroleiras internacionais que monopolizam o mercado de petróleo e de derivados de petróleo.

Hoje o Brasil importa quase a totalidade da gasolina e, principalmente, do diesel usado no país.

As multis do petróleo estão plenamente felizes.

Os direitos humanos e a nossa vida. Por que defendê-los? Parte 2

No primeiro artigo da série "os direitos humanos e a nossa vida" ( que você pode ler aqui ) nós fizemos um apanhado sobre o hi...