domingo, 29 de julho de 2018

Militares brasileiros se divorciam do projeto nacional e capitulam diante do neoliberalismo!

Bolsonaro bate continência para a bandeira dos EUA

Bater continência para a bandeira dos EUA, esse foi o ato sabujo de Bolsonaro, o candidato de extrema-direita que prega uma ditadura neoliberal elitista no Brasil. 

O mesmo caminho seguem os líderes militares brasileiros, de acordo com o que expressam alguns membros do alto comando.

Os militares mostram que trazem de 1964 apenas a visão míope e preconceituosa contra a esquerda e os líderes populares, mas abandonaram por completo o projeto nacional.

sábado, 28 de julho de 2018

O neoliberalismo anti-democrático que criou Sérgio Moro e Bolsonaro!


Essa semana mais uma vez o juiz de primeira instância que comanda a chamada 'república de Curitiba' deu uma de suas opiniões políticas ao se dizer preocupado com o resultado das eleições de 2018 e com o futuro da lava jato.

O juiz está preocupado com o crescimento de Lula no meio do povo.

Nada mais cristalino para demonstrar o período excepcional em que vivemos, onde a legalidade democrática está relativizada diante de um processo golpista.

Moro, em suas ações e opiniões, demonstra a quem serve: um neoliberalismo anti-democrático em ascensão na América Latina.

Rebaixar a política, retirar poder da soberania popular, fortalecer as estruturas de poder manipuladas pelos interesses do grande capital (como a mídia hegemônica), exterminar lideranças populares e criminalizar os movimentos e as lutas sociais.

Esta é a agenda.

quarta-feira, 18 de julho de 2018

O golpe e as eleições de 2018: o desafio do campo anti-golpista!


A luta contra o golpe de 2016, que cassou 54 milhões de votos, impôs um projeto neoliberal sem a legitimidade das urnas e feriu os direitos individuais e políticos de Dilma e Lula, e as tratativas políticas sobre as eleições de 2018, que ocorrerão dentro de 83 dias, transcorrem tendo a masmorra de Curitiba, e o prisioneiro político que lá está há mais de 100 dias, como o centro nervoso e de comando.

Essa realidade acontece porque, ao contrário do que o golpe imaginava, Lula se agigantou mais após as perseguições e hoje tem ao seu lado 35% do eleitorado nacional, mais de 50% no nordeste (tendo Bahia 55% e Pernambuco 65% como ápice).

Coletivo Nenhuma Luana a Menos explica o ato em frente ao Tribunal de Justiça, em Riberião Preto



Coletivo Nenhuma Luana a Menos liderou ato em frente ao Tribunal de Justiça, de Ribeirão Preto.
Fotos e vídeo: Filipe Peres


Nesta quarta-feira, 18, aconteceu a 1ª audiência de instrução do caso Luana, morta por espancamento realizado por policiais após ter sido abordada de forma totalmente equivocada. Após a justiça militar ter inocentado os policiais, o caso seguiu para a justiça comum.

A precarização do trabalho docente e o drama da educação em SP após 24 anos de PSDB!


Conheça a situação da profissão docente e da educação pública paulista após 24 anos de PSDB, o partido que fechou salas de aula e abriu presídios.

1200 salas de aula fechadas nos últimos 2 anos. O Estado que paga o 18o salário do país.

Assista à entrevista da Professora Maria Rios à TV 247.


Movimentos sociais exigem justiça no caso Luana Barbosa (RP 18/07/2018)


Nesta manhã de quarta-feira, 18/07/2018, vários coletivos e movimentos sociais protestaram em frente ao Fórum de Ribeirão Preto na primeira audiência de instrução do caso Luana Barbosa.


Os manifestantes exigem que os policiais acusados de agredirem Luana sejam submetidos a Júri Popular.

Sem avisar, SME exonera diretores!

Ato na SME exigiu explicações
sobre exoneração de diretoras.
Foto: Filipe Peres 

A Secretaria Municipal da Educação, sem avisar ou justificar previamente, exonerou as diretoras Telma Sant'Anna, da CEMEI 4 Prof. Eduardo Romualdo de Souza, e Luciana Rossi Ramos, da EMEF José Rodini. Na manhã desta quarta-feira, educadores protestaram em frente à SME pelo que consideram uma decisão arbitrária.

Ciro à Boeing: acordo "clandestino" será desfeito por um governo legitimamente eleito!


Do Brasil 247

Num dos movimentos mais acertados da sua pré-campanha presidencial, o candidato Ciro Gomes, do PDT, defendeu a suspensão da entrega da Embraer à Boeing – um dos principais crimes de lesa-pátria do governo Michel Temer e do golpe PSDB-MDB. "Esse acordo feito no estertor de um governo e na iminência de 84 dias de uma eleição presidencial é clandestino e absolutamente ameaçador da segurança nacional brasileira. Portanto, ele não deveria ser consumado, e, se for, tem que ser desfeito", disse ele, durante encontro na Abimaq, a associação das indústrias de máquinas e equipamentos. Uma carta de Ciro à Boeing será tornada pública nesta quarta-feira.

Leia, abaixo, reportagem da Reuters sobre a força da Embraer:

Projeto 'infância sem pornografia' é considerado inconstitucional pelo TJ-SP

Censura Pedagógica

Notícia colhida no facebook do Professor e colaborador de O Calçadão Leonardo Sacramento


PROJETO INFÂNCIA SEM PORNOGRAFIA FOI CONSIDERADO, EM CARÁTER TERMINAL, INCONSTITUCIONAL.
O Projeto Infância sem Pornografia, feito por grupos ligados ao Escola sem Partido, Bolsonaro e grupos religiosos, proposto pela vereadora Gláucia Berenice (PSDB), foi considerado inconstitucional pelo Tribunal de Justiça de São Paulo. 

O Executivo municipal havia vetado o projeto mas a Câmara derrubou o veto por 20 votos a 4 em 29 de novembro passado (veja reportagem aqui), mas agora o TJ-SP confirmou a inconstitucionalidade. 

Era um projeto que procurava impedir a atuação de professores.

domingo, 8 de julho de 2018

Domingo da vergonha! Lula desmascara a farsa a jato!


Em uma jogada de xadrez, os lutadores que batalham junto com Lula nas ruas, nas urnas e na justiça contra sua prisão política conseguiram expor as entranhas fedorentas da farsa a jato.

Wadih Damous, Paulo Pimenta e Paulo Teixeira entram para a história da luta popular ao impetrarem, no momento certo, um pedido de habeas corpus no TRF-4.

Acampamento Alexandra Kollontai celebra 10 anos de resistência!


Acampamento Alexandra Kollontai celebrou com uma festa junina os 10 anos de luta pela Reforma Agrária.
Fotos: Filipe Peres


O Acampamento Alexandra Kollontai (MST) celebrou neste sábado (7) 10 anos de resistência com uma festa junina muito animada, organizada pela comunidade. 

Papa Francisco: "parem de pisotear pobres, migrantes e refugiados"



Reportagem da revista do Instituto Humanitas Unisinos

Citando uma passagem da Bíblia, o Pontífice disse na sexta-feira que “os dias estão chegando, nos quais Deus mandará fome sobre a terra…. e sede da palavra do Senhor” sobre todos aqueles que “pisotearam os necessitados e os pobres”.
“Muitas pessoas pobres estão sendo arruinadas! Todos estes pobres são vítimas dessa ‘cultura do descartável’ que foi denunciada repetidas vezes”, incluindo os migrantes e refugiados que “continuam a bater à porta de nações que zombam de suas dificuldades”, ressaltou Francisco.

A meganhagem glamourizada e midiática que age acima da democracia!



O artigo abaixo, de autoria de um agente da PF, publicado no Jornal do Brasil, é apenas um sinal do retrocesso que o Brasil sofreu de 2013 para cá. Aliado aos interesses de uma mídia empresarial, hegemônica e representante de interesses estrangeiros, setores do aparelho de Estado, notadamente parte do judiciário, MP e PF se uniram a um movimento que rebaixou os preceitos e garantias constitucionais e rebaixou a prática política para operacionalizar um golpe contra os governos do PT e contra um projeto nacional de desenvolvimento.

O clima de desarranjo social, moral e institucional criado, gera ventos de um proto-fascismo que se alimenta de uma glamourização perigosa da meganhagem e do culto a figuras públicas anti-democráticas que prometem um futuro 'linha-dura' guiado por um líder salvador. Linha dura contra os fantasmas genéricos da 'corrupção' e da 'bandidagem', que sabemos seletivos, que na verdade é contra tudo aquilo que seus líderes e seguidores abominam: pretos, pobres, gays, feministas, presidiários, esquerdistas ou qualquer outro grupo que ache ou pregue que a democracia, a diversidade e os direitos humanos são o único caminho do progresso.

Vivemos um período perigoso e urge uma unidade democrática e progressista.

Artigo publicado no Jornal do Brasil de autoria do agente da PF Sandro Araújo

Imagens de carros importados pretos com letras douradas com policiais federais uniformizados no mesmo padrão, cumprindo suas missões, seja na Lava Jato, seja na Calicute ou outra operação com nome pitoresco tornaram-se ícone no país. Isso é fato. 

FAMÍLIAS DO ACAMPAMENTO MARIELLE VIVE! SOFREM AMEAÇAS COM ARMAS DE FOGO




Foto: Filipe Peres 

Por MST

As famílias acampadas no município de Valinhos, região de Campinas/SP, sofrem ameaças pela empresa de segurança privada da Fazenda ocupada.

sábado, 7 de julho de 2018

Futebol, racismo e política! Por Leonardo Sacramento


Trabalho como professor no bairro onde saiu Fernandinho. Morei neste bairro. 
Este bairro é esquecido pelo poder público. Não tem praça, não tem espaços de lazer, não tem nada. Tem um posto de saúde e escola.  
Os jovens ficam perambulando nas ruas em busca de algo para fazer. As perspectivas e expectativas sobre o futuro costumam ser muito baixas.
Quando a família de Fernandinho se instalou lá, não existia nem entrada para o bairro. Fizeram o bairro e esqueceram de interligá-lo com o resto da cidade. Se não me engano, há familiares do jogador no bairro até hoje.
Fernandinho quebrou uma sina no bairro. Para isso, escolheu a profissão mais democrática que existe no Brasil. 
Democrático neste texto não significa 'ser para todos'. 

quinta-feira, 5 de julho de 2018

Em reunião com o CONIF, Ciro defende o ensino técnico integrado!

Do Twitter oficial de Ciro Gomes:
Tive um grande prazer de debater um dos temas mais importantes para o nosso país: EDUCAÇÃO. Me encontrei com o @CONIF_CONIF , conselho que reúne as diretorias e reitorias da rede federal de educação profissional, científica e tecnológica.

Alexandre Padilha denuncia desmonte na saúde pelo desgoverno Temer!



Em entrevista ao SindCT, sindicato dos servidores do INPE, o ex-Ministro da Saúde, criador do Mais Médicos e pré-candidato a deputado federal Alexandre Padilha (PT) debateu as propostas para a saúde, o fortalecimento do SUS e denunciou as tentativas do desgoverno Temer de destruir as possibilidades de construção de um projeto nacional de desenvolvimento.

"Em especial para aqueles que são das carreiras ligadas ao desenvolvimento da ciência e da tecnologia, a entrega do pré-sal e a extinção da política de conteúdo nacional na indústria do petróleo é um sério retrocesso para o Brasil", afirmou.

Qual o futuro da candidatura de Lula?


Em seu manifesto divulgado esta semana, o Presidente Lula foi explícito em relação ao golpe que o mantém como preso político para que ele não dispute as eleições de 2018: "Tudo isso me leva a crer que já não há razões para acreditar que terei Justiça, pois o que vejo agora, no comportamento público de alguns ministros da Suprema Corte, é a mera reprodução do que se passou na primeira e na segunda instâncias (...) É dramática e cruel a dúvida entre continuar acreditando que possa haver Justiça e a recusa de participar de uma farsa."

Ao mesmo tempo em que deixa claro para o Brasil e para o mundo a farsa e a perseguição do golpe contra ele, Lula sabe que é a vítima principal porque também é a maior liderança política do país, líder das pesquisas e favorito disparado a vencer as eleições. Sendo, por sua grandeza e seu legado reconhecido dentro e fora do Brasil, o maior obstáculo aos objetivos do golpe e à entrega do país.

Assim, Lula dá outros dois apontamentos importantes no manifesto: indica para o dia 15 de agosto a data de mobilização política anti-golpe, no dia do registro de sua candidatura, e conclama as forças progressistas e democráticas (inclusive as outras pré-candidaturas do campo progressistas já colocadas) em defesa do Estado Democrático de Direito ferido pela farsa jurídica da lava jato.

A partir disso, qual o futuro da candidatura de Lula?

quarta-feira, 4 de julho de 2018

É o interior que ainda mantém as chances de Dória e do PSDB em São Paulo!


São Paulo tem de se livrar do PSDB, isso é um ponto pacífico para todos aqueles que querem o bem do Estado.

É preciso, de alguma forma, quebrar a máquina tucana montada no Estado ao longo de 24 anos. Uma máquina que domina sobre Prefeituras, que domina a Alesp, que mantém relações pouco republicanas no judiciário e no MP.

Além de, politicamente, o PSDB representar o núcleo duro do projeto neoliberal brasileiro. São Paulo é o cadinho de onde saem a política privatista, de arrocho fiscal, de cortes nos orçamentos sociais, de precarização e terceirização do serviço público e do atrelamento do Poder Público aos interesses do capitalismo rentista.

domingo, 1 de julho de 2018

México à esquerda, Argentina em greve geral. E nós, vamos seguir golpeados?

O Brasil deve seguir o México e a Argentina.
O governo Macri foi eleito com grande apoio da mídia hegemônica e na defesa de um retorno neoliberal após os governos populares e trabalhistas dos Kirchner.

É o avanço do grande capital sobre os Estados nacionais e sobre a democracia, atrelando a economia aos interesses do 'mercado' e estrangulando a indústria nacional e o setor público.

A política neoliberal de Macri, com tarifaços de água e luz, com cortes em investimentos produtivos e sociais, com as restritivas reforma da previdência e trabalhista, a redução da massa salarial, o desemprego e a volta da Argentina ao FMI, fez o que o 'mercado' determinou e despertou, segundo pesquisas, em 90% da população, a percepção de que o país se encontra em grave crise econômica.

A pobreza, a fome e a inflação avançaram e 61% dos argentinos afirmam que o salário é insuficiente para chegar ao fim do mês.

Golpe e 'lei da mordaça': para onde caminha o jornalismo?


Não há por parte deste blog nenhuma pretensão de debater com profundidade o jornalismo. 

Temos apenas o interesse de questionar qual o caminho do jornalismo diante da decisão dos donos dos veículos de mídia tradicional de entrar de cabeça no golpismo e, principalmente, na campanha de destruição de Lula.

É certo que a mídia brasileira é e sempre foi empresarial. Sempre foi controlada pelos interesses de grandes capitalistas, capitalizados nacional e internacionalmente. Os poucos exemplos de mídia independente, desde os tempos do império, não tiveram vida longa e nem tranquila.

Os direitos humanos e a nossa vida. Por que defendê-los? Parte 2

No primeiro artigo da série "os direitos humanos e a nossa vida" ( que você pode ler aqui ) nós fizemos um apanhado sobre o hi...