quarta-feira, 30 de maio de 2018

Golpe descarado: Parente aumenta a gasolina e STF pauta o parlamentarismo!


O golpe está descarado, sem pudor.

Gilmar Mendes manda soltar de novo Paulo Preto, o operador das contas na Suíça dos tucanos paulistas.

Para a parte da justiça aliada ao golpe, nada interessa uma delação que atinja tucanos.

Pedro Parente, dando uma banana ao povo, determina mais um aumento da gasolina para esta quinta, ainda em meio à turbulência da crise dos caminhoneiros.

O povo trabalhador continua pagando a conta da capitalização dos acionistas da Petrobrás.

E o STF, através de sua Presidente Carmem Lucia, aquela que engavetou o debate sobre a prisão em segunda instância, para manter Lula preso, colocará em pauta o debate sobre o parlamentarismo.

Se o STF decidir que o Congresso tem o direito de aprovar o parlamentarismo sem a obrigação de uma consulta popular, estará decretada a terceira fase do golpe, que é o cancelamento das eleições de 2018 e a manutenção da aliança golpista no poder.

Vivemos tempos difíceis.

Blog O Calçadão

Em Ribeirão Preto, centrais sindicais e partidos de esquerda realizam ato em defesa da Petrobrás!


Ato em defesa da Petrobrás aconteceu no Calçadão.
Fotos: Filipe Peres 

Nesta terça-feira, 30, centrais sindicais e partidos que integram a Frente Brasil Popular e a Frente Povo Sem Medo realizaram um ato Nacional em defesa da Petrobrás e do Povo brasileiro.

Nunca foi tão fácil entender o golpe! Por Leonardo Sacramento

Todo apoio aos petroleiros!

Começou hoje a greve de alerta de 72 horas dos petroleiros. Essa é a greve de verdade. Sem desmerecer os caminhoneiros, suas pautas legitimas (falo dos autonomos), a greve dos petroleiros ataca o centro do golpe.
Pela primeira vez, a classe trabalhadora estipula uma pauta clara em relação ao que vem ocorrendo nos últimos anos: a entrega do petróleo brasileiro às grandes multinacionais privadas e estatais do setor.

segunda-feira, 28 de maio de 2018

Derrubaram a Dilma para isso? Um vergonhoso desgoverno!


Temer foi eleito na chapa de Dilma, é verdade!

Mas também é verdade que Temer governa, após o golpe, com o programa de Aécio.

Mas há imagens em vídeo do período de campanha em 2014 mostrando um Temer defendendo o programa de governo proposto por Dilma, um programa que venceu com o voto popular quatro eleições seguidas e que é completamente diferente do que ele aplica agora após o golpe.

sábado, 26 de maio de 2018

O discurso golpista de 2013 e 2016 tenta pegar carona na crise dos combustíveis!


A irresponsável política de preços da Petrobrás, transformada em um banco para enriquecer rentistas, provocou uma insatisfação popular e a paralisação de caminhoneiros.

Há de tudo na paralisação: patrões, empregados, autônomos, donos de van, de taxi, de Uber. E a questão dos combustíveis dialoga com uma crise geral provocada por um desgoverno sem voto que assumiu o poder em 2016 através de um golpe.

Muita desinformação e conflito de informação imperam.

Movimento de Moradia exige cumprimento de acordo de 320 apartamentos no Dutra!

Foto Paulo Honório

Projeto pronto para iniciar as obras, mas o governo não libera!


Desde 2017, à custa de muito trabalho, o Movimento Livre avançou em vários aspectos em relação aos 320 apartamentos do projeto “Kelly Cristina Uemura”.

Conseguimos a habilitação da Entidade Organizadora no Ministério das Cidades, o projeto recebeu a viabilidade da Caixa Econômica Federal e em 27 de fevereiro de 2018 foi publicado a seleção pelo Ministério das Cidades.

Neste período, conseguimos cumprir todas as necessidades burocráticas imposta pelo processo de aprovação no município, na Caixa Econômica e no Ministério das Cidades.

Brasil, México e Argentina: o embate por uma América Latina Livre!

Há um embate histórico que envolve a América Latina: a luta por liberdade, desenvolvimento, integração e autonomia.

É o velho embate contra o poder colonizador transfigurado no poder imperialista e rentista.

Nota Conjunta das Frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo contra a política entreguista do governo golpista!

Crédito: FBP/FPSM

Chega de aumento dos combustíveis! Contra a repressão militar aos caminhoneiros! Em defesa da Petrobrás!


Há 5 dias, a paralisação nacional dos caminhoneiros tem mostrado o desastre que é a política de preços dos combustíveis. Desde julho de 2017, o preço da gasolina já subiu 50,04%, o do diesel 52,15% e o gás de cozinha 67,8%. Os efeitos estão sendo sentidos por várias camadas da população. Mais de um milhão de domicílios voltaram a cozinhar à lenha ou carvão e, em muitas regiões do Brasil, o preço da gasolina já ultrapassa os R$ 5,00. Esta medida tem potencial para aumentar, ainda mais, o preço dos alimentos e das tarifas dos transportes, deteriorando ainda mais a qualidade de vida das famílias brasileiras.

quinta-feira, 24 de maio de 2018

Pobreza extrema cresce: 450 mil no RJ, 750 mil em SP.

Resultado do neoliberalismo sem voto

Não apenas a Petrobrás foi transformada em um banco para remunerar rentista, atrelada a um capitalismo monopolista, causando o caos do aumento abusivo dos combustíveis, todo o Brasil foi transformado em uma máquina de remuneração do capital rentista a partir do golpe de 2016.

O neoliberalismo sem voto, reaplicado no Brasil pela força do golpe depois de quatro derrotas eleitorais seguidas.

O Estado brasileiro, transformado em vilão pelo discurso falso do golpismo, está sendo desmantelado em seus mecanismos de planejamento, fomento do desenvolvimento e distribuição de renda.

quarta-feira, 23 de maio de 2018

O campo golpista não tem candidato, não tem projeto, não tem competência: amarrado a um neoliberalismo mundialmente fracassado!

Golpistas e incompetentes

O golpe criou um desgoverno incompetente, incapaz de pensar no país e no povo, sem projeto e sem candidato.

Derrubaram uma Presidente honesta e legítima para amarrar o Brasil a um neoliberalismo fracassado mundialmente.

terça-feira, 22 de maio de 2018

Petrobrás: tucanos fazem da empresa estatal um banco para capitalizar rentistas e o povo que se lasque!

O preposto tucano na Petrobrás

Do Conversa Afiada

Dr. Getúlio criou a Petrobras para exercer um papel social, estratégico e político: botar para funcionar o monopólio estatal.
O presidente Lula tomou do entreguista FHC a Petrobras de volta para seu verdadeiro dono, o povo brasileiro.
Descobriu o pré-sal, fez a maior capitalização de uma empresa no universo capitalista e determinou que o dinheiro do pré-sal seria usado na Educação e na Saúde.
Os canalhas e canalhas, com a providencial ajuda da Globo Overseas, empresa com sede na Holanda, seus colonistas, como a Míriam Leitão e o Judge Murrow, que exterminou um milhão de empregos, entregaram a Petrobras ao Pedro Malan Parente.

Quem fiscaliza a Lava Jato?

Quem pagou a viagem de Moro?

Sabemos que o juiz de primeira instância de Curitiba não é nem fiscalizado, nem advertido e muito menos punido por ninguém.

É um juiz que faz política e mostra preferência política, fala fora dos autos, demonstra parcialidade de acusador, comete ilegalidades flagrantes, como vazar áudios de Presidente da República para interferir no processo democrático ou determinar prisões sem o trânsito julgado, sem que nenhuma instância superior o incomode.

domingo, 20 de maio de 2018

Política privatista tucana afeta o Jd. Aeroporto e ameaça o Parque de Exposições!

Governo tucano abandona o Parque de Exposições para, depois, justificar a sua entrega ao patrimônio privado.
Fotos: Filipe Peres 

Na manhã deste sábado O Calçadão Comunidades esteve no Jardim Aeroporto onde fomos recebidos pelo líder comunitário Marcos Sérgio Valério.

O blog constatou que a política privatista de cidade, o modelo que é feito apenas para quem tem dinheiro e pode 'comprar' a cidade, afeta e muito a vida de uma comunidade que precisa de políticas públicas de saúde, educação, segurança, lazer, esporte, cultura, emprego e renda.

Marcos Sérgio Valério e Ricardo Jimenez conversaram sobre a política privatista tucana e a sua consequência para o Jardim Aeroporto.

Uma praça pública que está na promessa há 20 anos, uma BAC (Base de Apoio Comunitária) abandonada e o Parque de Exposições em ruínas na iminência de ser privatizado.

sábado, 19 de maio de 2018

Precisamos combater o golpe na nossa cidade, no nosso bairro: O Calçadão Comunidades!


O golpe que se abateu sobre o Brasil a partir da farsa do impeachment de 2016 tem atacado a soberania, a economia, os direitos do povo e a democracia.

Os prejuízos do golpe têm sido sentidos por todos, principalmente pelo povo trabalhador.

Portanto, o debate sobre o golpe precisa estar enraizado nas cidades, nos bairros, nas comunidades.

As pessoas precisam compreender que a redução das políticas públicas que afetam a sua vida tem relação com o golpe e com o projeto elitista e privatista aplicado pelas forças do golpe.



Ao mesmo tempo, é preciso trazer o diálogo sobre a importância do Lula livre e do Lula candidato na luta contra o golpe.

sexta-feira, 18 de maio de 2018

quinta-feira, 17 de maio de 2018

Lula no Le Monde: Porque quero voltar a ser presidente

Lula diz que tem certeza que pode resgatar a credibilidade do governo 

Sou candidato a presidente do Brasil, nas eleições de outubro, porque não cometi nenhum crime e porque sei que posso fazer o país retomar o caminho da democracia e do desenvolvimento, em benefício do nosso povo.
Depois de tudo que fiz como presidente da República, tenho certeza de que posso resgatar a credibilidade do governo, sem a qual não há crescimento econômico nem a defesa dos interesses nacionais. Sou candidato para devolver aos pobres e excluídos sua dignidade, a garantia de seus direitos e a esperança de uma vida melhor.
Na minha vida nada foi fácil, mas aprendi a não desistir. Quando comecei a fazer política, mais de 40 anos atrás, não havia eleições no País, não havia direito de organização sindical e política.

A igualdade é uma ideia, que nunca se aprisiona - Ana Cañas - música apresentada no ato Lula Livre 1º de Maio em Curitiba


Viverei (Ana Cañas) Mesmo que me falte o ar Não me calarei Mesmo que tirem o chão Em pé ainda estarei A luta é coração que sangra Bate forte a esperança De um povo que quer o seu direito Todo respeito E eu só lhe tenho amor Podem me julgar além da lei Podem me prender, eu andarei Podem inventar o que nem sei Podem me matar, eu viverei A igualdade é uma idéia Que nunca se aprisiona Tem a veia aberta Da gente que sonha A liberdade é a glória Da nossa imensa voz Guarda na memória É a história Eles e nós - - - - - Música Produção: Xuxa Levy Arranjo: Xuxa Levy e Ana Cañas Voz: Ana Cañas Violão: Webster Santos Percussão: Kabé Pinheiro Baixo: Eric Budney Coro e Palmas: Ana Cañas, Eric Budney e Xuxa Levy Gravado por Rodrigo Sanches no Rootsans Studios - SP Mixado por Gustavo Lenza Masterizado por Carlos Freitas na Classic Master - SP

sábado, 12 de maio de 2018

Manter Lula incomunicável é um crime de repercussão internacional!


Manter Lula isolado e incomunicável dentro de uma cela em Curitiba é um crime e revela a face desnuda de um golpe que fere a democracia.

Impedem Lula de receber visitas para, além de tentar miná-lo psicologicamente, impedi-lo de fazer política.

Isso é ilegal, é contra a lei e contra os direitos humanos.

Dois anos da conspiração que derrubou Dilma e arrebentou com o Brasil!

O mais rejeitado da História

Estamos completando dois anos da grande conspiração que derrubou, por um golpe jurídico-parlamentar, uma Presidente legitimamente eleita com 54 milhões de votos, honesta e que buscou atrapalhar os esquemas de corrupção de uma trinca da pesada: Temer, Aécio e Cunha.

Não só Dilma foi vítima de conspiração, o Brasil foi golpeado, o povo foi golpeado.

terça-feira, 8 de maio de 2018

A imagem demonizada de “invasor” e “agitador” se desfez como sal na água para quem se dispõe a ouvir o novo e a pensar o Brasil.

Ricardo Alvarez – Nesta segunda-feira, 07 de maio, Guilherme Boulos foi entrevistado no programa Roda Viva da TV Cultura. Mostrou conhecimento dos problemas nacionais e articulação discursiva, mas o mais importante, trouxe a desigualdade social para o centro do debate eleitoral e reacendeu a esperança na construção de um outro Brasil.
Nos primeiros minutos do programa duas conclusões óbvias: entrevistadores de mercado que cospem as mesmas ideias calcificadas e o despreparo que estas posições expressam quando forçados a sair da zona de conforto. Boulos dançou sobre suas cabeças do começo ao fim do programa.
A imagem demonizada de “invasor” e “agitador” se desfez como sal na água para quem se dispõe a ouvir o novo e a pensar o Brasil.

sábado, 5 de maio de 2018

O que as praças abandonadas dizem sobre a gestão pública em Ribeirão Preto?

É o projeto de cidade que está abandonado

Essa semana duas amigas pessoais e também amigas deste blog trouxeram histórias sobre as praças e parques de Ribeirão Preto.

Uma praça abandonada no João Rossi que prejudica a execução de um projeto de inclusão social através esporte desenvolvido no bairro e o Parque Tom Jobim, recentemente reformado, já com indícios de depredação sem uma fiscalização correta do Poder Público.

sexta-feira, 4 de maio de 2018

O extremismo se assanhou quando permitimos os xingamentos a uma mulher honesta!

A história deve desculpas a Dilma

Hoje o fascismo está solto, assanhado, se sentindo empoderado.

O fascismo de gueto, de sarjeta, de bueiro, que sempre existiu, ressurgiu e ganhou força a partir do momento em que o país foi envenenado pela mídia.

terça-feira, 1 de maio de 2018

DESCONSTRUÇÃO

Foto: Brasil de Fato

Por Kelli Mafort


O prédio ocupado em chamas e escombros no dia do trabalhador

A notícia triste que rasgava a madrugada de 1° de maio de 2018 na capital paulista, anunciava um brutal incêndio num prédio de 24 andares na região central. Ali viviam cerca de 150 pessoas, que ocupavam o local, sendo boa parte delas, de imigrantes. As chamas consumiram rapidamente o prédio que desabou minutos depois.

Equipe técnica, ligada ao Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, está desenvolvendo estudo para a elaboração de políticas públicas que atendam as mulheres em Ribeirão Preto.

Equipe técnica está realizando estudo profundo e técnico para propor Políticas Públicas paras as Mulheres, em Ribeirão Preto. Fotos: Sil...