quarta-feira, 8 de maio de 2019

Vai judicializar!

Os servidores negaram veementemente a proposta de Nogueira.
Fotos: Filipe Peres
Em reunião realizada com o comando da greve, o governo apresentou, nesta quarta-feira (8), uma proposta risível aos servidores: não descontar os dias parados mediante reposição e, "quando puder, negociar um reajuste salarial".


Se a prefeitura não apresentar nenhuma proposta digna na reunião de conciliação a ser realizada nesta quinta-feira (9), em São Paulo, haverá a judicialização da greve.

Opinião

Os servidores e as servidoras já entenderam que há uma clara intenção de desmontar o serviço público, seja a nível federal, estadual ou municipal. Por isso, além de rechaçarem a proposta ofensiva realizada pelo governo direitista do PSDB, muitos se juntarão aos atos em Defesa da Previdência, no dia 14, e ao ato  da Greve Nacional da no dia 15.

Instagram: @filipeaugustoperes

Mais fotos:







Nenhum comentário:

Movimento de Ribeirão Preto lança Manifesto em defesa da democracia

                                        Ribeirão Preto, SP, 05 de junho de 2020. “O movimento que produz tanto pavor nos "gorilas"...