quinta-feira, 12 de abril de 2018

A GREVE CONTINUA!

Governo ofereceu apenas 2,06%
A liminar chegou no sindicato. 100% de trabalhadores na assistência social, educação e saúde teriam de voltar ao trabalho, amanhã. Não teve arrego!

Segundo o Presidente do sindicato, Laerte Carlos Augusto, o governo ameaçou responsabilizar o servidor e não mais o sindicato. Expediente antigo dos governos tucanos no Estado, segundo uma fonte, foi dito na mesa de negociação que o servidor que continuasse na greve sofreria falta injustificada. Não teve arrego!

Depois, negocia-se

A movimentação foi grande desde cedo.

A proposta do governo foi de 2,06%, observando -se o INPC, o mesmo valor aplicado ao vale-alimentação, a retirada das faltas, o pagamento passar a ser realizado toda primeira quarta-feira do mês. Muito pouco.

Foi oferecida a regulamentação do atestado de meio-período.  A grande maioria decidiu por aguardar o resultado do agravo. 

A greve continua!




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os direitos humanos e a nossa vida. Por que defendê-los? Parte 2

No primeiro artigo da série "os direitos humanos e a nossa vida" ( que você pode ler aqui ) nós fizemos um apanhado sobre o hi...