sexta-feira, 20 de abril de 2018

Desgoverno Temer/PSDB entrega a educação pública para os bancos!


O desgoverno Temer/PSDB é um governo sem voto e sem popularidade, mas segue tendo a caneta para entregar o Brasil aos tubarões do grande capital.

Na lista estão o pré sal, as refinarias e distribuidoras da Petrobrás, as hidrelétricas, a Embraer e até terras na Amazônia. Também estão no pacote de maldades, além do fim dos direitos trabalhistas e da terceirização total, a privatização da saúde e da educação públicas.

Na saúde, o sucateamento e a diminuição do SUS estão adiantados. Estados e municípios já estão em rápido processo de privatização da saúde, em nome dos interesses das empresas de planos privados.

E o processo na educação ganha corpo com a reforma do ensino médio. Os currículos serão fragmentados e os 'itinerários formativos' serão conduzidos por fundações ligadas a bancos e empresas, financiados com fundos públicos.

Para isso, o desgoverno já conseguiu junto ao Bird um empréstimo de 250 milhões de dólares que será destinado aos 'projetos' sugeridos pelas fundações dos bancos.

A tendência é criar um sistema educacional voltado para a formação rápida e tecnicamente voltada para o setor de comércio e serviços, já que o projeto neoliberal adotado não prevê um país industrial.

Luz Amarela nos Institutos Federais

A rede federal de educação técnica e tecnológica, cujo ensino é gratuito, integrado e voltado para o desenvolvimento industrial a partir das aptidões locais, corre risco.

Os IFs não combinam com o projeto neoliberal e a secretária tucana que hoje manda no MEC já deu o recado: acha a rede federal muito cara.

Que os democratas e nacionalistas abram os olhos a tempo de lutar para evitar uma tragédia.

Blog O Calçadão

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os direitos humanos e a nossa vida. Por que defendê-los? Parte 2

No primeiro artigo da série "os direitos humanos e a nossa vida" ( que você pode ler aqui ) nós fizemos um apanhado sobre o hi...