terça-feira, 6 de dezembro de 2016

Com Temer e PSDB, aposentadoria 100% só com 49 anos de contribuição! O golpe é no trabalhador!

Enquanto os digníssimos representantes das instituições brincam com a nossa frágil e jovem democracia, sustentados por uma mídia hipócrita e aliada, enquanto meia dúzia de acéfalos saem às ruas gritando o nome do Moro ou pedindo intervenção militar, continua o avanço brutal dos agentes do 'mercado' sobre as riquezas do país e os direitos trabalhistas e sociais.

O golpe do impeachment levou, sem a necessidade do voto, o PSDB ao governo central, aliado ao PMDB fisiológico tendo um ex-vice decorativo como Presidente decorativo.

Assim, uma tempestade vai se formando sobre o futuro do Brasil e do seu povo!


Um tucano chamado Pedro Parente faz um leilão na Petrobrás e no pré-sal, jogando no lixo 200 bilhões de barris em jazidas de petróleo.

Uma PEC ameaça o SUS e a Educação Pública, congelando investimentos por 20 anos!

Uma reforma trabalhista ameaça as garantias da CLT, com apoio do STF!

E agora é a vez de uma reforma da Previdência praticamente exterminar o direito de aposentadoria integral.

Na proposta feita por Temer e Meirelles, um trabalhador só alcançará a aposentadoria integral com 49 anos de contribuição!

Um cidadão que trabalhe até os 65 anos e contribua por no mínimo 35 só terá direito a 76% do benefício!

O arrocho do neoliberalismo é feito com a morte dos mais pobres!

O 'ajuste' dos vampiros do PSDB e do PMDB, e seus penduricalhos, é feito na base da pirâmide social, poupando os mais ricos, que os apoiam e sustentam!

Os muito ricos continuam a desfrutar de um paraíso fiscal interno, criado em 1995, que isenta de imposto de renda os lucros e dividendos empresariais.

A sonegação fiscal continua retirando do Estado cerca de 500 bilhões ao ano.

Os rentistas continuam retirando do país 45% de tudo que se arrecada na forma de juros.

O golpe, companheiros, é em cima do trabalhador!

Nenhum comentário:

Postar um comentário