sábado, 17 de dezembro de 2016

Desgoverno Temer/PSDB flexiona a jornada de trabalho por MP. Fim da CLT!

Após uma proposta de reforma da Previdência que, na prática, extingue a aposentadoria integral no Brasil, o desgoverno Temer/PSDB, instituído pelo golpe do impeachment sem provas, ataca a CLT.

Por medida provisória, o desgoverno acaba com a jornada de trabalho, um dos pilares de proteção do trabalhador regido pela CLT.

Todos sabemos o quanto a CLT é odiada pela plutocracia que financiou o golpe. Para eles, basta um prato de comida e um pano para dormir e está de bom tamanho para o trabalhador.

Há 70 anos Getúlio Vargas instituiu no Brasil um avanço que já vinha sendo adotado no mundo desde 1919, com a criação da Organização Internacional do Trabalho (OIT), a CLT e inoculou no sangue da elite o ódio ao trabalhador protegido.

Assim age o desgoverno golpista de Temer/PSDB, ataca o SUS, a educação pública, a Previdência, a CLT em nome de uma abstração chamada 'Estado mínimo', enquanto garantem aos plutocratas, os ricos, a continuidade da sonegação e dos dos juros que sustentam o rentismo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário