sábado, 17 de junho de 2017

Desgoverno Temer coloca o Brasil de joelhos aos interesses dos EUA!


Toda a América Latina está em alerta com a mudança de posição dos EUA com relação à região.

Além de romper unilateralmente o acordo firmado por Obama com Cuba, a Casa Branca recoloca abertamente a doutrina de intervir militarmente na região para garantir a 'liberdade'.


O conceito subjetivo de 'liberdade' coloca toda a América Latina em alerta.

Mas para nós brasileiros, a situação é bem pior.

A existência de um governo ilegítimo e subserviente aos interesses dos EUA coloca o Brasil como cúmplice e colaborador da política estadunidense.

O desgoverno Temer, jogando a soberania nacional no lixo, permitiu que os EUA planejem e realizem exercícios militares na Amazônia, algo inédito em nossa história.

A entrega da base de Alcântara aos lançamentos do vizinho do norte é outro rebaixamento indecoroso.

Com Temer/PSDB, o Brasil fala grosso com os pequenos e fino com os EUA. Pior, nossos vizinhos de fronteira se veem ameaçados por nossas posições, o que contribui para o desequilíbrio de relações diplomáticas na América do Sul e no nosso apequenamento enquanto liderança geopolítica.

E tem mais: o projeto inadmissível de vender grandes porções de terras a estrangeiros.

A posição brasileira, corroborada também pelo governo direitista e neoliberal da Argentina traz o perigo de conflitos para o subcontinente e rompe uma longa caminhada de construção de unidade e integração sul-americana desde os anos 1980.

Ricardo Jimenez

Nenhum comentário:

Postar um comentário