sexta-feira, 30 de junho de 2017

30 de junho, dia nacional de luta contra as reformas! Ribeirão Preto, presente!

Fotos Filipe Peres
Neste dia 30 de junho, o Brasil voltou a se mobilizar em um movimento nacional de greve geral contra as reformas trabalhista e previdenciária, pelo Fora, Temer e pelas Diretas, já!


Em Ribeirão Preto, mais uma vez, o movimento popular e sindical se fez presente. O Comitê Unificado contra as reformas, que conta com sindicatos ligados às principais centrais sindicais e à Frente Brasil Popular Macro Ribeirão, esteve no comando do movimento desse dia 30.


Cerca de 500 manifestantes estiveram na Esplanada do Theatro Pedro II e puderam acompanhar um show do músico Márcio Coelho e outros músicos convidados, além de ouvir as falas das mais de 20 entidades sindicais e populares presentes ao ato.



Nas falas, o rumo político do movimento ficou bem claro: o governo ilegítimo de Temer, incompetente e corrupto, apoiado em um Congresso totalmente comprometido em escândalos de corrupção, não tem condições morais de propor reformas, principalmente reformas que retirem direitos do povo trabalhador.

Neusa Paviato, do MST, dando o recado no ato.

Mais cedo, o MST promoveu um protesto trancando a rodovia Anhanguera e ocupando, em protesto, terras pertencentes a Wagner Rossi, denunciado nos recentes escândalos de corrupção envolvendo a JBS e o governo Temer. Antes de chegar à Esplanada, o movimento ainda parou em frente da Prefeitura, onde, junto de servidores, criticou a política de Nogueira.


O ato transcorreu e terminou pacificamente e com os coordenadores prometendo intensificar as mobilizações já que os próximos dias prometem novas revelações e conflitos. Com a denúncia de Janot contra Temer, o Congresso terá de se posicionar sobre se permite ou não que o STF prossiga as investigações, tornando Temer réu.

O blog O Calçadão, presente no ato de hoje, continuará acompanhando de perto o cenário político.

Mais fotos:






















Nenhum comentário:

Postar um comentário