sábado, 12 de novembro de 2016

DIA NACIONAL DE GREVE!


                                                                                                               Fotos: Filipe Peres

No último dia 11/11, em todo o país, o povo organizado, o movimento estudantil, os movimentos sociais e as centrais sindicais não pelegas organizaram o Dia Nacional de Greve. Tendo como pautas a luta contra a PEC 55, a Reforma da Previdência, a luta contra a Reforma do Ensino Médio e a resistência contra o Golpe, vários líderes falaram à população sobre o retrocesso que as medidas do Governo Temer trará a todos.


Em São Paulo, na praça da República, em aquecimento para o encontro de todas as centrais sindicais na Praça da Sé, em Assembleia da APEOESP, Vagner Freitas, Presidente da CUT, ressaltou que haverá greve geral se o governo golpista insistir em passar tais medidas. Já Maria Izabel Noronha, conhecida como Bebel, Presidenta da APEOESP, ressaltou ao Diretor Estadual da APEOESP por Ribeirão Preto, Fábio Sardinha, a importância de todos os professores se unirem contra a PEC 55 e a Reforma da Previdência: " É uma questão de todos nós, de todos os professores. A previdência está aí, e vai pegar todo mundo! Não serão só os professores ativos, os aposentados. Porque se mexer na alíquota de contribuição, todos vão entrar, serão cobrados... o aumento sobre o provimento de aposentadoria. E fala em tirar direitos dos aposentados. De fato, todos pagaremos por isso!".

Foi decidido em Assembleia que haverá novo ato no dia 29/11 em São Paulo e, concomitantemente, em Brasília-DF para que, no dia da votação, o Congresso sinta a vontade popular e não aprove medidas que vão contra o povo.

Após o ato na Praça da República, todos seguiram em direção à Praça da Sé onde se reuniram com as demais centrais sindicais, movimentos estudantis e movimentos sociais. A praça completamente tomada e as milhares de pessoas em cada estado deste país deixaram um recado às autoridades golpistas: Vai ter luta!















































































Nenhum comentário:

Postar um comentário