quinta-feira, 13 de outubro de 2016

É hora de pedir asilo e, do exterior, denunciar a ruptura democrática e organizar a resistência!

Não há a menor dúvida que o Brasil vive hoje um Estado de exceção!

Aliás, essas foram palavras proferidas pelo próprio juiz de Curitiba, o Xerife do Brasil!

Hoje se prende sem provas, como ocorreu com Palocci, só para obrigar, por tortura, sim, tortura, o indivíduo a 'delatar'.

Mas não pode delatar qualquer um. Não! Tem que delatar o Lula ou alguém que possa, depois, delatar o Lula!


Marcelo Odebrecht não delatou o Lula e sua 'delação' foi rejeitada, mesmo tendo ele delatado todo o esquema tucano de corrupção em Minas, em São Paulo e na Petrobrás, nos tempos de FHC.

Outros executivos da Odebrecht e outras empreiteiras só têm a delação aceita se 'delatarem' o Lula!

José Dirceu é mantido em cárcere mesmo após a própria Lava Jato assumir que errou com relação a ele confundindo a sigla JD.

Enquanto isso, Eduardo Cunha segue livre. Antes disso, um Ministro do Supremo demorou 6 meses para pedir seu afastamento da Presidência da Câmara. Tempo suficiente para ele comandar o jogo sujo do golpe do impeachment.

Após o impeachment, o jogo do golpe prossegue.

Enquanto um Presidente ilegítimo comanda à frente de um Congresso eleito pela grana empresarial o desmonte do Brasil, retomando com o apoio do PSDB (4 vezes derrotado nas urnas!) um neoliberalismo rasteiro, entregando nosso petróleo e, com a PEC 241, acabando com o Estado de proteção social brasileiro criado na Constituição de 1988, atirando novamente os mais pobres nas agruras do desemprego e exclusão, o outro braço do esquema golpista, estruturado em setores do Estado, avança em seu outro flanco: caçar, vilipendiar e encarcerar o maior líder político dos últimos 50 anos.

Provas? Nenhuma!

Acusam Lula por um apartamento comprado à prestação, pela posse de uma canoa de lata e pedalinhos num sítio que não lhe pertence e por viagens ao exterior com empreiteiros, o que FHC e todos os Chefes de Estado e governo fazem.

Acusam Lula mas não aparecem suas contas secretas e nem o dinheiro. Dizem que bilhões foram desviados na corrupção, mas Lula, o 'chefe', o que tem o 'domínio do fato' só é acusado por 3 milhões e ainda sem provas!

Nenhuma palavra ou investigação sobre os enormes esquemas de corrupção em Furnas e na Petrobrás que Dilma desbaratou antes de cair! Porque isso não vem ao caso?

Lula não pode se deixar prender. É errado o argumento de que preso se transformaria num Mandela. Lula não pode se enredar pela narrativa e moralidade falsa de uma burguesia golpista.

Está na hora de pensar em asilo político e, do exterior, denunciar a ruptura democrática e organizar a resistência. O povo brasileiro vai precisar disso para, novamente, se livrar dos grilhões que estão recolocando em seus pés.

O Calçadão

Nenhum comentário:

Postar um comentário