domingo, 16 de outubro de 2016

Privatização do Daerp: Nogueira não assina termo de compromisso, afirma Ricardo Silva!

Uma das coisas que sobressai na entrevista que o candidato Ricardo Silva concedeu ao blog O Calçadão foi a afirmação de que servidores da Autarquia Daerp produziram um termo de compromisso aos candidatos de Não-privatização do órgão se forem eleitos.




Segundo Ricardo Silva, Duarte Nogueira não assinou o documento. Assim como Nogueira também não assinou o termo de compromisso apresentado pela Aproferp se comprometendo com a democratização da educação pública municipal e com a implantação do PME.

Duarte Nogueira também foi, ao lado do juiz Gandini, um dos dois candidatos que não aceitaram comparecer ao encontro com candidatos promovido pelo fórum Permanente de Movimentos Populares de Ribeirão Preto, onde foi divulgado um documento público com as propostas dos movimentos sociais para ampliar a participação popular e proteger os direitos humanos em Ribeirão Preto.

A política com relação ao DAERP será fundamental para apontar o caminho que Ribeirão Preto irá seguir nos próximos anos, se será um modelo de gestão pública participativa ou se será um modelo privatista de gestão pública.

Ribeirão Preto precisa instituir uma política municipal de gestão da água e o DAERP será fundamental nisso. É preciso proteger a zona leste da especulação imobiliária para proteger o Aquífero Guarani, como fazem os assentados da Fazenda da Barra com sua produção agroflorestal.

A aprovação do Plano Diretor está sendo dificultada há mais de 2 anos justamente por conta do descontentamento da especulação imobiliária com um dos artigos do Plano que exatamente protege a zona leste das construções desenfreadas.

Com as áreas de recarga protegidas e com uma política municipal de água bem feita, o Aquífero pode servir Ribeirão por mais de um século.

Preocupante é quando um candidato, segundo seu adversário afirmou, se recusa a garantir a manutenção do DAERP como órgão público e mais, quando a principal proposta do candidato é retirar e tratar água do Rio Pardo para abastecer a população.

O blog O Calçadão considera essa uma das mais esdrúxulas propostas apresentadas. Primeiro pelo custo, segundo porque há o risco de aprofundar ainda mais a já difícil situação do rio Pardo em termos de perda de sua capacidade de água.

O candidato Duarte Nogueira realmente se recusou a assinar o compromisso de não-privatização do DAERP? Com a palavra, o candidato.

Blog O Calçadão

Nenhum comentário:

Postar um comentário