domingo, 30 de outubro de 2016

Vitória de Nogueira é a vitória da elite e a derrota do povo da periferia!

Ribeirão Preto elege pela terceira vez um Prefeito do PSDB, os outros foram Luiz Roberto Jábali (1996-1999) e Welson Gasparini (2005-2008).

Mas dessa vez a vitória do PSDB vem em um momento de ascensão do conservadorismo, da retórica seletiva 'anti-corrupção' e de cassação dos direitos sociais e trabalhistas e cortes de políticas públicas de distribuição de renda e inclusão social.


Imprime-se de maneira veloz a retomada do neoliberalismo e do conceito de Estado mínimo através de um governo federal que não precisou passar seu programa privatista e retrógrado pelas urnas.

Essa conjuntura de retrocesso e de avanço da direita repercutiu nas urnas municipais. O clima policialesco inserido no Brasil pela parceria mídia/Lava Jato deu resultado.

O principal prejudicado? O PT, o 'vilão' da narrativa construída.

O principal beneficiado? O PSDB, o parceiro seleto deste movimento conservador.

A seletividade do 'combate à corrupção' fez o PSDB viver nessas eleições municipais sua 'onda azul'.

Não entra no debate o fato de ser o PSDB o mentor da PEC 241, que congela os orçamentos da saúde e educação por 20 anos, não entra no debate o fato de ser o PSDB o mentor da reforma educacional por medida provisória e não entra no debate o fato de ser o PSDB o mentor da entrega do pré sal e do desmonte da indústria naval e do projeto tecnológico de desenvolvimento nacional no setor petroquímico.

Não entra no debate o fato de ser o PSDB o mentor de uma reforma trabalhista que extingue direitos e de uma reforma administrativa que busca atacar com força o direito de greve e a estabilidade do funcionalismo público.

Nem mesmo entram no debate as denúncias de corrupção, sempre omitidas pela mídia amiga quando atingem tucanos.

E assim o PSDB volta a ser um partido grande, governando importantes cidades sem precisar para isso assumir nenhum compromisso social, bastando surfar na onda anti-petista, privatista e conservadora que domina o atual ambiente político.

Aqui em Ribeirão Preto não é diferente. É preocupante o fato de Nogueira ter desprezado qualquer diálogo com os movimentos populares, não se comprometendo com nenhuma de suas pautas.

Na reta final de campanha neste segundo turno, principalmente quando o Ministro da Justiça vazou a prisão de Palocci em evento de campanha com Nogueira e a recusa de Nogueira em diaogar com movimentos populares, este blog decidiu tomar lado, o lado anti-Nogueira, por entendermos a tragédia anunciada de sua vitória sobre os movimentos sociais e a população mais pobre.

O próprio uso político da Sevandija feita por Nogueira contra Ricardo, com a segurança de que o escândalo da merenda não seria explorado da mesma forma, corroborou para a nossa decisão.

A derrota da esquerda no primeiro turno não poderia fazer este blog ficar neutro nessa atual conjuntura.

Em nossa entrevista feita com Ricardo Silva no acampamento do MST, fizemos questão de pautar a luta por moradia como a principal questão social da cidade. A preocupação imediata são as 30 reintegrações de posse iminentes solicitadas pela Prefeitura.

Ricardo Silva assumiu o compromisso de reabrir diálogo com essas quase 5 mil famílias de sem-teto, Nogueira não tem esse compromisso. Os compromissos de Nogueira foram firmados nos salões da ACI, do Lions e do Rotary. Para a população trabalhadora e periférica apenas promessas formuladas por marqueteiros, como de praxe.

A vitória de Nogueira é a vitória da elite ribeirão-pretana e a derrota da população periférica que mais necessita de políticas públicas e de uma cidade inclusiva.

Vamos enfrentar anos de dificuldade, de retrocessos. Mas vamos seguir na luta.

Este blog reafirma aqui sua posição progressista e de esquerda e vamos continuar construindo essa alternativa de mídia digital em Ribeirão Preto. Reafirmamos, principalmente, nosso compromisso de estar sempre próximo e cobrindo as pautas dos movimentos populares.

A luta popular por direitos e, especificamente, por direitos humanos será a tônica dos anos vindouros.

Em frente!

Blog O Calçadão

4 comentários:

  1. O povo decididamente resolveu fazer a corrupção algo constitucionalizada.
    Nessas eleições o povo provou que as urnas é o esgoto do Brasil.

    ResponderExcluir
  2. Que tal O Calçadão elencar todas as promessa, que não foram poucas, para que possamos acompanhar o desenrolar da administração de Nogueira.

    ResponderExcluir
  3. Mas o RICARDO ganhou nas urnas da zona sul....acho q nada a ver com classe social.... O problrma é q brasileito nao sabe se manifestar vai na rua protestar e aceita votar e eleger o " menos pior" qdo o correto seria a anulaçao de voto em massa...se é nas urnas o unico lugar q dizem q o povo tem poder ...é la qdeve se manifestar e votar contra a corrupçao...e se as opções só tem corrupto...anule..cancele o pleito...mas não..vai la vota de qquer jeito depois fica nessa guerrinha de elite versus periferia. . É de berço será sempre assim.... só falação...ninguem parte pra açao...e mais do mesmo vai tomando conta do país

    ResponderExcluir