terça-feira, 25 de outubro de 2016

Segundo turno em Ribeirão: Duarte Nogueira é o pior candidato!

O blog O Calçadão mais uma vez não se furtará a emitir sua opinião sobre o processo eleitoral em Ribeirão Preto.

Nogueira é o pior candidato.


Já deixamos claro que o segundo turno entre Duarte Nogueira e Ricardo Silva, e de resto o resultado das urnas no primeiro turno, torna Ribeirão Preto uma cidade conservadora e antenada com a mídia tradicional, principalmente com a onda policialesca e seletiva que domina o 'combate à corrupção' em nível nacional.

Aqui na cidade o voto progressista e de esquerda não somou 30 mil, portanto, esse segundo turno é disputado por dois candidatos à direita e afastados das pautas dos movimentos sociais.

Tanto Duarte Nogueira, por razões óbvias, quanto Ricardo Silva apoiaram o golpe contra a Presidente Dilma, golpe este que vai revelando sua face mais trágica para a classe trabalhadora e para a população mais pobre com a imposição da PEC 241, que congela os orçamentos públicos por 20 anos e coloca na mira o SUS e a educação pública, enquanto privilegia o rentismo, o financismo, aqueles que vivem de juros.

Pois bem, isto colocado, não podemos deixar de dizer que Nogueira e Ricardo Silva, apesar de duas opções ruins para a cidade, na opinião deste blog, não são a mesma coisa. Pela simples razão de que Nogueira é do PSDB, o partido que, no fundo, será o grande beneficiado pelo golpe e pela seletividade do chamado 'combate à corrupção".

Seletividade, aliás, que foi usada aqui em Ribeirão Preto, na esteira da operação Sevandija. Nogueira, sentindo-se em superioridade, passou a campanha apontando o dedo para os seu adversário acusando-o de corrupção, se aproveitando do 'esquecimento' midiático do escândalo da merenda. Usa-se da arma do denuncismo tão em moda, quando a verdade é que não se deveria fazer acusações sem provas ou com a investigações ainda em andamento, nos dois casos.

Seletividade e partidarismo que deu as caras aqui em Ribeirão Preto quando o tucano Ministro da Justiça, Alexandre Morais, ao lado de Nogueira, fez proselitismo político com a futura prisão de Palocci dias depois, mostrando uma proximidade ruim entre o tucanato e a operação Lava Jato.

O PSDB é o grande artífice da quebra constitucional que ocorreu com o impeachment sem provas e é o grande formulador das políticas neoliberais que atentam contra o trabalhador e o patrimônio da nação, como são a entrega do pré-sal e a PEC 241.

Portanto, Duarte Nogueira é o pior candidato a Prefeito de Ribeirão!

Isso não significa dizer que Ricardo Silva é bom. Significa dizer que Nogueira é o pior, simples assim.

É certo que a presença do PMDB de Baleia Rossi na chapa de Ricardo torna tudo mais difícil para o campo progressista ver em Ricardo opção de voto. Por isso que a opção pelo voto nulo é legítima para quem decidir assim fazer. Mas é certo também que o PMDB de Baleia e companhia estará no governo Nogueira.

Por isso, repetimos, Nogueira é bem pior.

Bem ou mal, Ricardo tem se comprometido com algumas pautas importantes dos movimentos sociais e culturais da cidade. Lógico que, agora, faz isso mais por necessidade do que por convicção, mas vá lá, está fazendo. Os movimentos populares terão o que cobrar e o que estabelecer de pautas com o Prefeito Ricardo Silva.

E de Nogueira, o movimento popular vai cobrar o que?

Nogueira surfa na onda da Ribeirão Preto midiática (o que Ricardo já fez, a verdade seja dita) e só se reúne com a Ribeirão elitista, dos rotarianos e leoninos, e não se compromete com nenhuma pauta ou demanda da Ribeirão Preto real, aquela em que 80% da população mora em bairros populares com enormes necessidades de políticas públicas de moradia, transporte, saúde, educação, cultura, meio ambiente e lazer. Aquela que tem 60 núcleos de favela, 30 na iminência de uma reintegração de posse, e com 30 mil de déficit de moradias.

Nogueira se recusou totalmente a dialogar com qualquer movimento social durante a campanha. Não assinou a carta-compromisso de não privatização do DAERP, não assinou o documento da APROFERP se comprometendo com a democratização da educação e da escolha dos diretores, que está no Plano Municipal da Educação, se negou a comparecer no encontro com Prefeitos realizado pelo Fórum de Movimentos Populares de RP e como deputado a lista é longa: votou contra apolítica de valorização do salário mínimo, contra a lei de partilha do Pré-sal, contra a proteção das reservas indígenas e a favor da PEC 241.

Nogueira é o conservadorismo midiático-tucano-jurídico instalado no Palácio Rio Branco, é a face anti-popular voltada contra as pautas dos movimentos sociais e das minorias que lutam por uma Ribeirão mais democrática e inclusiva.

Trocando em miúdos, Nogueira pede que a população acredite em suas promessas e que, mesmo apoiando a PEC 241 e prometendo 'choque de gestão', vai ter dinheiro e dar prioridade para a educação em tempo integral e para a construção de AMEs.

Mais grave ainda é a condição dos direitos humanos na cidade, principalmente ligados ao direito de livre manifestação e defesa de demandas dos movimentos sociais. O abuso contra os direitos humanos em Ribeirão Preto se tornou praxe na administração Dárcy e tende a se intensificar com a tendência repressiva que está se desenhando nos aparelhos de Estado.

Em suma, Ribeirão Preto não tem boas opções de candidatos nesse segundo turno, mas, na opinião deste blog, Duarte Nogueira é a pior delas.

O Calçadão


Nenhum comentário:

Postar um comentário