sexta-feira, 7 de outubro de 2016

"Tempos de exceção"! STF prepara o terreno para as prisões de Lula e Dilma e o fim do PT!

Bessinha, do Conversa Afiada

"Vivemos em tempos de exceção", eis as palavras do juiz Sérgio Moro, de Curitiba.

Ele está certo!

É o momento de exceção, de seletividade, de contra-golpe do sistema contra um governo popular que governou por 13 anos e suas principais conquistas econômicas e sociais.

Não é contra a corrupção, nunca foi!


Os tucanos e cada um daqueles que ocupam o governo hoje após o golpe praticam o que parte dos petistas praticaram e com muito maior intensidade, mas não são investigados, ao contrário, estão governando!

Enquanto o PSDB segue dando as cartas do retorno neoliberal no país, entregando o pré sal, acabando com a CLT, elevando a aposentadoria para 70 anos e congelando os orçamentos públicos, que servem aos mais pobres, por 20 anos, entregando as chaves do Brasil aos financistas internacionais, o braço midiático-judicial avança em direção ao objetivo maior: acabar com o PT e, de quebra, com as esquerdas e com qualquer perspectiva de poder popular futuro.

A aceitação de prisão em segunda instância abre a brecha de um novo Estado de exceção contra aqueles que se colocarem contra o que aí está. 

Se as investigações são seletivas e até a delação de Odebrecht foi cancelada porque atingia tucanos, contra quem de fato são essas mudanças?

Ora, contra os progressistas, contra os nacionalistas, contra as esquerdas!

O retorno do financiamento eleitoral de campanhas já está pronto! O que resta agora é eliminar de vez qualquer resquício do PT ou de qualquer partido de esquerda ou trabalhista de acessar o poder.

A inclusão de Lula na Lava Jato, confirmada por Teori Zavascki, é a porta aberta para o domínio do fato contra ele, e contra Dilma!

O STF preparou o terreno para as prisões de ambos!

O golpe é contra Lula, é contra Dilma, é contra o PT, é contra o Brasil, é contra o projeto nacional de desenvolvimento, é contra o povo brasileiro!

O Calçadão

Nenhum comentário:

Postar um comentário