terça-feira, 17 de outubro de 2017

MBL quer revogar título concedido a Paulo Freire de Patrono da Educação...

Durante o evento "Tributo à Educação", Pedro Pontual convocou professores a defenderem o legado de Paulo Freire.
Foto: Filipe Peres


É preciso reagir e assinar a petição em defesa de Paulo Freire. Em 2012, a Lei 12.612, de 13 de abril, da deputada federal Luiza Erundina (PSOL/SP) concedeu a Paulo Freire o título de Patrono da Educação Brasileira. Agora, o MBL enviou ao Congresso Nacional uma petição com 20.000 assinaturas pedindo a revogação desta concessão.

"Eu queria chamar a atenção de vocês para o seguinte: O Instituto Paulo Freire e diversas outras entidades organizaram uma petição pela internet de assinaturas em defesa de Paulo Freire, da não revogação do título de Patrono da Educação Brasileira. Nós já temos 18.000 assinaturas, mas temos uma semana para atingirmos uma meta superior às assinaturas do Movimento Brasil Livre", afirmou o Presidente do Conselho de Educação Popular da América Latina, Pedro Pontual, durante o "Tributo à Educação" promovido pela APEOESP, no último dia 15, na Av. Paulista.


Para assinar a petição e derrubar a proposta do MBL, clique neste link: Paulo Freire: Patrono da Educação Brasileira


Veja a fala de Pedro Pontual:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Equipe técnica, ligada ao Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, está desenvolvendo estudo para a elaboração de políticas públicas que atendam as mulheres em Ribeirão Preto.

Equipe técnica está realizando estudo profundo e técnico para propor Políticas Públicas paras as Mulheres, em Ribeirão Preto. Fotos: Sil...