sábado, 11 de fevereiro de 2017

Movimento Livre Nova Ribeirão anuncia: "Reorganizar para concretizar projetos!"


Um dos movimentos por moradia mais organizados e atuantes de Ribeirão Preto, o Movimento Livre Nova Ribeirão publicou em seu blog os seus planos de atuação para 2017: 

"Estamos negociando com a Prefeitura o andamento de projetos para atender a faixa 1 do programa Minha Casa Minha Vida, atendendo a população de baixa renda da cidade, e recebemos do Prefeito Nogueira o compromisso de empenho nessa demanda", informou o líder do movimento Marcelo Batista.



Com o objetivo de reorganização da demanda dos empreendimentos organizados pelo Movimentos Livre Nova Ribeirão MLNR, em parceria com a Federação Nacional das Entidades Habitacionais dos Empregados no Correio FENAHTECT, no dia 28 de janeiro foi realizado nas dependências da Câmara Municipal de Ribeirão Preto a Assembleia Geral do Movimento.


Segundo o coordenador, o movimento livre já realizou uma reunião com o novo prefeito de Ribeirão Preto Duarte Nogueira onde foi apresentado o projeto Kelly Cristina no bairro do Heitor Rigon. O empreendimento terá 354 unidades numa área de aproximadamente 13.000 m2. Após várias adequações para atender as exigências do Programa MCMV-E o projeto encontra-se hoje devidamente protocolado no Ministério das Cidades aguardando apenas a seleção das próximas unidades.

Segundo o prefeito Duarte Nogueira, ainda no primeiro semestre deste ano, o Ministro das Cidades Bruno Araujo anunciará a contratação de 35.300 unidades habitacionais e que a Administração Municipal fará todo empenho para que Ribeirão Preto seja atendido nesta demanda habitacional para as famílias de baixa renda.



O Movimento Livre é uma entidade da sociedade civil legalmente constituída e habilitada para gerir projetos habitacionais atendendo os critérios da Caixa Econômica Federal e dos Programas habitacionais. Conta com a assessoria e experiência da FENAHTECT, Federação de caráter nacional que realiza vários projetos em todo pais.


Este blog parabeniza o MLNR e se coloca mais uma vez na defesa da luta por moradia em Ribeirão Preto. O problema de moradia é o mais grave problema social de Ribeirão Preto, cujo número de comunidades e ocupações já passam de casa de 60, englobando quase 20 mil pessoas em condições de fragilidade social.

Há cerca de 33 ações de reintegração de posse na iminência de serem executadas contra a parte mais pobre e carente da população da cidade, abrindo uma chaga social que será difícil de ser curada.

Problema social se resolve com políticas sociais, e déficit habitacional se resolve construindo moradias com crédito para o acesso de famílias de baixa renda.

O Movimento Livre Nova Ribeirão tem atuado há anos na luta pela desfavelização e construção de moradias dignas para a população mais pobre e mantém esse perfil dialogando com o atual governo municipal de Duarte Nogueira.

Parabéns ao movimento e parabéns à Prefeitura pela boa vontade de sentar para dialogar e encontrar caminhos para solucionar problemas.

Blog O Calçadão

Nenhum comentário:

Postar um comentário