segunda-feira, 22 de abril de 2019

Em passeata, servidores vão até a Secretaria da Fazenda, até a Guarda Municipal e param a Av. Independência


Manifestante ajuda a parar a Av. Independência em ato dos servidores municipais.
Fotos: Filipe Peres
Nesta segunda-feira (22), os servidores públicos municipais de Ribeirão Preto entraram no décimo terceiro dia de greve. O ato que começou no Palácio Rio Branco ganhou o centro da cidade.


Contrariando a expectativa do governo Nogueira de que haveria uma diminuição do movimento grevista, os servidores municipais mostraram força e saíram pelo centro da cidade, em passeata, rumo à Secretaria da Fazenda. No local, eles reforçaram a informação de que o município não ultrapassou o limite de 54%, como falsamente divulgado pelo governo e desmentido pela análise de 2018 do Tribunal de Contas do Estado.

Servidores tomaram as ruas de Ribeirão Preto.
Após deixarem a SMF, os funcionários públicos seguiram para a Av. Independência onde pararam por alguns minutos o trânsito com a intenção de panfletarem e dialogarem com a população. Inclusive, esta foi uma característica do ato desta quinta. Muitos populares demonstraram apoio à greve durante o trajeto.

Panfletos e faixas foram distribuídas durante todo o trajeto.
Por fim, os grevistas terminaram o ato em frente à Guarda Civil Municipal em que chamaram os guardas à greve, lembrando-lhes que também são servidores municipais e que não estão sujeitos às leis militares. Sobre isto, haverá esta semana uma reunião entre o sindicato e representantes da GCM para discutir a adesão ou apoio de parte da Guarda e a segurança dos servidores durante o período em que estiverem de greve, durante os atos.

Guarda Civil Municipal conclama companheiros de profissão a aderirem à luta.
Nesta terça-feira (23), os servidores se encontrarão, em ato único, na parte da tarde, na Câmara Municipal, às 16:00.

Mais fotos:











Um comentário:

  1. R o guarda Municipal Fortuna lambe botas está em todas... Ele eaquece que quanto mais tempo esse prefeito fica.... Menos tempo ele tem como chefe

    ResponderExcluir

Comissão de Direitos Humanos realiza reunião aberta aos movimentos sociais e anuncia troca de gestão.

Antônio Luís Oliveira é o novo Presidente da CDH da OAB/ RP. Fotos: Comissão de Direitos Humanos da OAB/RP Por CDH da OAB/RP ...