domingo, 16 de julho de 2017

Acampamento Paulo Botelho realiza festa julina

Acampamento Paulo Botelho, do MST/Ribeirão Preto realizou festa julina
Fotos: Filipe Peres
 É festa julina de verdade: fogueira, subir no pau de sebo, quadrilha. Realizada neste sábado, 15 de julho pelo Acampamento Paulo Botelho, do MST/Ribeirão Preto, não faltou nada. Tinha tudo o que uma família poderia desejar em uma festa de São João.


Para garantir que ninguém saia da festa de barriga vazia e sem brincar, o cachorro quente, o quentão e o mocotó foram oferecidos gratuitamente pelo movimento. Grandes filas se formavam.

Fila para o cachorro-quente.
Todas as brincadeiras custaram, apenas, R$0,50: pesca, tiro ao alvo, prisão. A garotada corria pelo acampamento tentando fugir, quando pega corria dentro da prisão. Era uma festa só. A regra dizia que a pessoa só teria direito a três tentativas para conseguir os R$10,00 que foi colocado no topo do pau de sebo, mas ninguém ligava. Felizes, só queriam se divertir e gargalhar com as várias tentativas infrutíferas das pessoas de chegarem a quantia almejada.

As pessoas se divertiram observando as tentativas frustradas de chegar ao topo do pau de sebo.
A quadrilha teve tudo a que tinha direito: narradora, caracol, chuva e, claro, casamento forçado. Foi uma noite regada a muita música de São João e alegria, muita alegria. Quem foi não se arrependeu. Nem os noivos!


Mais fotos:



























Nenhum comentário:

Postar um comentário