quarta-feira, 5 de julho de 2017

CINEGRO



No último mês, o Cinegro exibiu o documentário a 13a Emenda.
Fotos: Filipe Peres


Por Marcelo Domingos

O CINEGRO é uma ação que parte de um grupo de jovens negros que reside em Ribeirão e integram o Coletivo Abayomi. Tem como principal premissa a fomentação da discussão de temas que conciliem as pautas do movimento negro com a vivência das pessoas no seu cotidiano.


 Através da exibição de filmes e documentários, a proposta do projeto é fazer com que o público venha a refletir sobre a sua posição e atuação nas relações que se dão com os diferentes entes sociais, seja essa relação interpessoal, nos espaços como família, trabalho, nos relacionamentos afetivos, ou ainda com o Estado e toda sua desmembração, polícia, escola, sistema de saúde, etc.


O recorte racial se faz necessário na discussão, tendo em vista que tratar da existência negra, levando em consideração a necessidade de superação do racismo estrutural, se faz crucial para que possamos desconstruir conceitos, desmitificar ideias, reconstruir, coletivamente, um novo conhecimento sobre o negro e tudo o que isso possa implicar.

São escolhidos filmes e documentários preferencialmente de diretores negros, considerando a importância de que na produção se imprime a essência do criador, sua vivência e lugar de existência trazendo propriedade no poder-criar. E ainda exclusivamente que tenham pessoas negras como protagonistas, entendendo que no púbico a ser atingido há uma identificação, sendo possível o melhor entendimento do conteúdo a ser assimilado.

Cena do documentário "A 13a Emenda".
Com relação ao cronograma, o CINEGRO, acontece sempre na última quinta-feira do mês, sempre um mês num local central na cidade, pensando na facilidade de acesso, e no outro num local distante do centro, tenso em vista a necessidade de alcançar o público-alvo, alternativamente.

Estão todos conviados a participar. O mês de julho terá uma edição especial Mês da Mulher Negra em Ribeirão Preto. Aguardem por maiores informações. Para acompanhar melhor curtam a página do Coletivo Abayomi e do Mês da Mulher Negra – RP no Facebook.

Mais fotos:














Nenhum comentário:

Postar um comentário