segunda-feira, 31 de julho de 2017

Temer e Aécio trabalham juntos pela derrota das denúncias de Janot na Câmara!


A disputa dentro do golpismo, que colocou a Globo na linha de frente pela deposição de Temer, fez com que Temer e Aécio se aproximassem na articulação para conseguir os votos de deputados necessários para derrotar as denúncias de Janot na Câmara.


Enquanto Temer abre as burras do governo liberando emendas parlamentares na casa dos 15 bilhões, Aécio costura apoios de Prefeitos ligados a deputados com promessas de bondades caso Temer seja salvo.

Temer e Aécio foram os dois maiores atingidos pelas denúncias do MPF a partir da delação de Joesley Batista, dono da JBS/Friboi.

A guerra também está aberta dentro do PSDB, com Aécio tentando sobreviver às investidas de Alckmin para tomar o comando do partido.

Enquanto isso, os resultados do golpe de 2016, para o qual mídia, MPF, Aécio, Temer e Cunha operaram juntos, continua a ser desastroso para o Brasil e o trabalhador.

O desemprego atinge 13%, as relações de trabalho tendem a ser precarizadas, a pobreza aumenta e a crise orçamentária ameaça paralisar a máquina pública.

O aumento dos combustíveis, o maior da história, feito para gerar caixa para um governo incompetente, afeta todo o setor produtivo e a vida das pessoas.

81% dos brasileiros querem a saída de Temer e eleições diretas. 79% dos brasileiros acreditam que deputado que apoiar Temer é ligado à corrupção. 76% dos brasileiros são contra as reformas retrógradas votadas no Congresso.

Mas nada disso freia a sanha golpista.

O golpe na democracia vai mostrando seu legado de horror.

Blog O Calçadão

Nenhum comentário:

Postar um comentário